A política no Brasil sempre foi alvo de críticas e situações inusitadas. Existem muitos políticos que se destacam pela coragem, outros pela quantidade de processos e acusações criminais. Alguns possuem uma vida pública agitada, mas nenhum é tão promovido pela internet e seus usuários como os políticos conhecidos pelas suas carreiras famosas. Sendo assim, atualmente, é comum verificarmos as participações de pessoas conhecidas da mídia no cenário político e que usufruem das campanhas mais estranhas possível.

Com isso, temos jogadores, cantores e outros artistas que complementam a bancada do governo brasileiro. Muitos se tornam vereadores ou deputados através de uma quantidade expressiva de votos.

Dentre as ações políticas de algumas celebridades as mais comentadas são as campanhas assinadas que podemos classificar como extravagantes. Assim, hoje vamos mostrar as 10 campanhas mais estranhas assinadas por celebridades na política brasileira.

Campanhas mais estranhas de celebridades na política:

1- Mudança no símbolo das Armas Nacionais e outros projetos:

Clodovil era um famoso estilista e apresentador brasileiro que se tornou deputado e ficou conhecido no cenário político devido as suas propostas. Dentre elas se destacam dois momentos: Em 2007, ele criou um projeto que visava trocar o ramo de fumo pela cana-de açúcar no símbolo das Armas Nacionais, uma atitude inesperada e muito inacreditável por parte do ex-apresentador.

Além disso, assinou outro projeto com o objetivo de tornar o exame de próstata obrigatório aos trabalhadores do sexo masculino com mais de 40 anos de idade. No ano seguinte, não satisfeita com as campanhas mais estranhas já assinadas, lançou outro projeto tentando proibir imagens de violência na TV durante os horários de refeição. Atitudes estas que foram consideradas esquisitas.

Campanhas mais estranhas do Clodovil
Campanhas mais estranhas do Clodovil

2- Reprodução de música estrangeira e Hino do Congresso:

Falando sobre campanhas extravagantes, Moacir Franco que ficou conhecido através de suas canções entrou para a política causando confusão com seus projetos. Uma de suas propostas, talvez a mais egocêntrica, foi tentar limitar a reprodução de canções internacionais nas rádios brasileiras, assim, as músicas feitas por compositores do país seriam mais ouvidas. Além disso, elaborou a proposta de um concurso para a escolha do Hino Oficial do Congresso Nacional.

Campanhas mais estranhas do Moacir Franco
Campanhas mais estranhas do Moacir Franco

3- Dia do Funk:

Uma proposta que era considerada mais do que um absurdo foi a do ator Wagner Monte. O projeto proposto à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro era para criar o dia do funk. Assim, o estilo seria homenageado, tendo uma data comemorativa. Além desta proposta inusitada, ele protocolou, em 2009, um projeto para alterar a lei que limita a estatura mínima dos militares do Rio de Janeiro.

A altura mínima exigida para um candidato à carreira na polícia militar é de 1,68 metros. Na proposta, a estatura em questão seria reduzida para 1,63 metros, dando, assim, oportunidade para os “baixinhos”.

Campanhas mais estranhas do Wagner Monte
Campanhas mais estranhas do Wagner Monte

4- Fim da proibição de showmícios:

Outro cantor que estava envolvido com a política e entrou para a lista das campanhas mais estranhas por causa de sua proposta foi Frank Aguiar. Na ocasião ele havia elaborado um projeto com o objetivo de acabar com a proibição dos showmícios nas campanhas eleitorais. Dessa forma, as apresentações artísticas, que aconteciam antes da lei de proibição, voltariam atraindo mais pessoas para as campanhas políticas e demonstrações de projetos dos candidatos.

Campanhas mais estranhas do Frank Aguiar
Campanhas mais estranhas do Frank Aguiar

5- Praça Michael Jackson e o dia do Pau-de-Arara:

Os artistas mais comuns no meio político são os cantores, que vivem na mídia não apenas pela fama conquistada como músicos, mas principalmente pelos projetos malucos propostos. Assim, damos destaque ao Agnaldo Timóteo que sempre se envolveu em polêmicas ao longo de sua carreira musical e política.

Em uma de suas campanhas mais estranhas, ele demonstrou ser completamente fã do cantor Michael Jackson, pois na ocasião, ele assinou uma campanha enviada ao ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, sugerindo que o parque Ibirapuera tivesse seu nome alterado para parque Michael Jackson. Além do parque, ele queria que fosse criado a Sala São Paulo Michael Jackson e a praça com o mesmo nome. Outra campanha assinada pelo cantor nada comum foi a criação de uma data festivo em São Paulo para comemorar o dia do Pau-de-Arara.

Estas campanhas, apesar de absurdas e bizarras, foram motivo de risada não só para alguns dos colegas como, também, para boa parte do público que acompanha o que acontece no congresso nacional e todas as propostas dos seus políticos.

Campanhas mais estranhas do Agnaldo Timóteo
Campanhas mais estranhas do Agnaldo Timóteo

Gostou das campanhas malucas desses famosos políticos? Conhece mais alguma campanha estranha? Então compartilhe conosco nos comentários abaixo.

 

Desvendando a Língua Japonesa - Ebook Grátis

DEIXE UMA RESPOSTA

14 − dez =