Com a chegada das olimpíadas no Brasil, estamos vendo e ouvindo muitas pessoas empolgadas, falando sobre esportes. Na verdade, essa prática está impactada na população desde o início dos tempos. Ou seja, não é de hoje que estes exercícios são praticados e fazem parte da vida de muitos. No entanto, existem alguns aventureiros que preferem as atividades mais radicais, deixando de lado o medo para dar lugar a adrenalina. Alguns esportistas preferem se arriscar em manobras ousadas que desafiam a mente e o corpo. Por isso, hoje, vamos mostrar uma lista com os setes esportes perigosos que são promovidos em todo o mundo.

Os esportes perigosos de todos os tempos:

1- Escala de montanha:

A escalada certamente é um dos esportes perigosos mais praticados. Muitos aventureiros apreciam subir as montanhas e alcançar o topo como sinal de vitória. No entanto, a escalada de montanhas consiste em alto risco à saúde e à vida do esportista já que nela a pessoa enfrenta variações climáticas, correndo perigo de acidentes, lesões e, até mesmo, congelamento de algum órgão.

O problema maior é quando o atleta sofre algum problema no alto da montanha já que isso dificulta o resgate, principalmente quando o cume está coberto de obstáculos. Por isso, existem muitas mortes causadas pelo montanhismo. A pessoa que sofre congelamento de algum membro, geralmente, tem o mesmo amputado.

Veja também:

8 profissões mais perigosas do mundo

Conheça os animais mais perigosos do mundo

Conheça os suplementos mais perigosos para a saúde

Automóvel do futuro: Micro-ônibus são testados na Europa e dispensam motoristas

2- Big Wave Surf:

O surf tradicional, apesar de ser atraente, já oferece certo risco, no entanto, o Big Wave Surf proporciona uma adrenalina ainda maior, colocando a vida do esportista em perigo, pois este esporte consiste em saltar de um helicóptero com uma prancha no meio do mar com ondas de mais de 15 metros de altura. Para realizar este salto é preciso muita técnica e experiência já que o maior problema é se afogar durante a prática.

3- Wing Walking:

Alguns esportes radicais são emocionantes e fornecem aquela sensação de bem-estar. Contundo, existem aqueles que não são muito desejados, trazendo, inclusive, certo desconforto para quem assiste, este é o caso do Wing Walking. Assim, o atleta deve ficar sobre as asas de um avião e fazer acrobacias arriscadas como: Saltar da asa de um avião para outro; plantar bananeira e ficar pendurado. O risco de uma queda é altíssimo e a pessoa pode morrer caso algum erro aconteça.

4- Freestyle Motocross:

Um dos esportes perigosos que mais chama atenção e agradar os olhos dos espectadores é o Freestyle Motocross, também conhecido como FMX. Com ele, a pessoa realiza saltos ornamentais com a intenção de impressionar o júri, ganhando pontos em uma competição. Como a altura pode chegar a 10 metros, um erro pode causar a queda livre do piloto diretamente ao chão.

5- Rope Jumping:

Este esporte é semelhante ao Bungee Jump, a diferença é que o Rope Jumping não utiliza corda elástica, dificultando ainda mais a modalidade. Sobreviver a isto requer muita prática, pois tudo depende de onde você prende a corda e a forma como pula do local. Esta atividade foi inventada pelos russos e o maior perigo está no deslocamento de algum membro ou no rompimento da corda.

6- Street Luge:

Ninguém deixou de passar pela adolescência sem se aventurar em uma decida de carrinho de rolimã. Agora, descer ladeiras, deitado de bruços ou de costa a 100 km/hr sem freio é só para os mais corajosos ou para os malucos. É assim que se pratica o Street Luge, descer em alta velocidade, tanto em locais urbanos quanto em neves, sem a utilização dos famosos e seguros freios. Há quem faça este tipo de esporte apenas para sair da rotina.

7- Slackline:

O esporte mais praticado atualmente é o SlackLine. Nele a pessoa deve ter equilíbrio para se manter em pé sobre um elástico preso entre dois pontos fixos. Normalmente, esta atividade é praticada perto ao solo, podendo chegar apenas a 30 centímetros de altura, onde quem participa deve se equilibrar, andar e, até mesmo, fazer manobras sobre a corda.

O que torna o Slackline altamente perigoso é que alguns aventureiros se colocam em risco ao utilizar, como ponto fixo, duas montanhas ou qualquer superfície extremamente alta sem a utilização de equipamento de segurança, contando apenas com a experiência e a sorte. Esta modalidade recebe o nome de Highline.

Esses são os 7 esportes perigosos que você pensaria várias vezes antes de fazer. Diga nos comentários qual desses esportes você teria coragem de fazer, mesmo tremendo de medo?

DEIXE UMA RESPOSTA

seis − dois =