Que os japoneses estão invadindo o Brasil nós já sabemos. Não à toa que, fora do Japão, a maior comunidade nipônica encontra-se aqui no nosso país, seguida por Estados Unidos e China. Por esse motivo, o número de pessoas buscando curso de japonêsquerendo aprender esse idioma aumentou e muito. No entanto, os cursos presenciais demandam muito tempo, disponibilidade de horário e sem falar no valor, que é um pouco salgado.

Então, para fugir desses fatores que desmotivam você logo de cara, escolha os cursos online. As vantagens são enormes, mas podemos destacar como principais a questão do horário, que você pode fazer quando estiver com tempo livre e o custo que, na maioria das vezes, é inexistente (alguns cobram apenas as correções dos textos e as aulas com os tutores).

Como escolher um curso de japonês

Um bom curso online de japonês deve disponibilizar ao aluno mecanismos sonoros e visuais, o uso de menus com o retorno fácil e rápido para a página de origem, bem como possibilitar agilidade no acesso às informações através de ícones autoexplicativos e o revezamento das fontes e das cores. Todos esses recursos precisam ser feitos de forma que facilitem a interação do aluno ao acesso dos conteúdos para que ele não fique perdido.

Com os cursos online, é possível aprender a escrita e o significado dos ideogramas japoneses de modo bastante rápido. Normalmente, são abordadas formas mais naturais de aprendizado, sem muita teoria. Alguns ainda ensinam utilizando os mesmos passos que os japoneses nativos seguem quando estão aprendendo a linguagem. Uma boa dica é focar na leitura e na escuta em japonês. Tentar entender e aprender as palavras, assim, quando você ler a explicação do ideograma, fará mais sentido.

Esse método é mais fácil do que os tradicionais, visto que aperfeiçoa a forma de entender o idioma através da conectividade e da interação com os hiperlinks a fim de que, ao clicar nessa opção, o estudante vá diretamente ao conteúdo de seu interesse. Outra opção bastante comum são os fóruns, uma ferramenta que promove debates por meio de mensagens publicadas sobre um mesmo assunto.

Uma característica dos cursos de japonês que ensinam o idioma é a utilização de textos curtos, resumos ou conclusões que façam o aluno ir atrás de mais informações, afinal, são três alfabetos a serem aprendidos: Hiragana, Katakana e Kanji. Caracterizada por um sistema complexo de construção e formação das palavras, a língua é constituída a partir da natureza hierárquica da sua sociedade.

Hiragana

Hiragana

katakana

Katakana

Kanji

Kanji

A sua particularidade está na diferenciação léxica, que é baseada em um sistema de acento tonal, ou seja, determinadas sílabas durante a fala possuem entonações diferentes. Por ser diferente de todas as outras, são necessárias algumas táticas que auxiliem no aprendizado.

Por isso, o aluno tem disponível para consulta uma biblioteca com centenas de áudios em mp3, apostilas de exercícios com formato em PDF, aulas com tutores online entre outras opções para ajudar com o sistema de aprendizado do vocabulário.

Como o Japão é um país conhecido pela sua história milenar, a sua língua não poderia ser diferente. Os professores que ensinam o japonês garantem que o real segredo para aprender é saber como aprender.

No momento em que você entende isso, consegue estudar sozinho. Então vamos fazer um curso de japonês? Um excelente curso online criado por Luiz Rafael é o Programa Japonês Online. Muito recomenda se você quer aprender japonês de forma rápida e fácil.



DEIXE UMA RESPOSTA

2 × dois =