investir na bolsa

A bolsa de valores é um mercado para negociação de ações — que são, de maneira simplificada, pequenos pedaços de uma empresa. Assim, quando você compra uma ação, você se torna sócio daquela empresa e pode ganhar com os lucros corporativos. Para a companhia, a vantagem da venda de ações é que essa é uma maneira de captar recursos mais baratos do que nos bancos. Participar desse mercado pode ser arriscado, mas, para quem está bem informado, ele não é tão difícil assim. Por isso, preparamos esse post, com algumas coisas que você precisa saber antes de investir na bolsa.

Curta a Proddigital Invest no Facebook >>>

Veja também:

Apostas em jogos de Futebol, um mercado milionário!

Aprenda a ser um Trader Esportivo e lucrar com Futebol

Existem vários perfis de investidor

Existem vários tipos de ações e, em decorrência disso, há diferenças em termos de rentabilidade e risco. Por isso, antes de investir na bolsa é preciso estabelecer o limite de risco que você é capaz de tolerar. Existem diversos perfis de investidor com base nesse limite, e encontrar o seu é importante para nortear suas decisões.

Conservador

Esse é o perfil de quem tem pouca tolerância ao risco. Esse investidor prefere nenhuma perda em detrimento da perspectiva de maior rentabilidade.

Moderado

É o perfil de quem tolera algum risco. O investidor aceita algum nível de risco que se equilibre com maior rentabilidade, mas ainda mantém um pé atrás em alguns casos.


Arrojado

É o tipo de investidor que  lida bem com riscos. O perfil arrojado busca alta rentabilidade, aceitando as variações positivas e negativas do curto prazo.

Investir na bolsa tem seus riscos

A máxima do mercado de ações é que quanto maior o ganho, maior o risco — e a recíproca é verdadeira. Um exemplo disso é o risco relativo à liquidez dos ativos, que significa que o investidor pode não conseguir vender suas ações quando quiser. Contudo, sempre é possível negociar valores.

Outro fator de risco é a possibilidade de desvalorização das ações. Os valores flutuam de acordo com as disposições do mercado e é preciso estar ciente de que elas podem valorizar ou desvalorizar muito em pouco tempo. Quanto mais você investe, mais você pode ganhar se os preços subirem muito — mas também pode perder muito na situação oposta.

Assim, uma vez que você já conseguiu identificar como você tolera os riscos, conheça-os bem antes de investir, para não entrar numa situação com a qual não sabe lidar.

Não existe valor mínimo determinado para começar

O aporte inicial para investir em ações é irrestrito, o que é bom para iniciantes e investidores com poucos recursos. Por outro lado, a aquisição de uma ação está condiciona aos valores da cotação das empresas. Assim, é preciso procurar por ações que caibam no seu orçamento para investir.

Os valores são variáveis, seguindo o porte da empresa e o grau de divisão da propriedade, por exemplo.

Veja também:

O que é a bolsa de Valores? | O que é a Forex?

Tipos de Investimentos existentes no Brasil

Existem alguns custos para investir na bolsa

Como a maioria dos investimentos, investir em ações também pressupõe custos, dos mais variados tipos. Vamos ver alguns deles aqui:

Custo de corretagem

Diz respeito ao pagamento para a corretora de valores. Há diversas formas de cobrança, que variam de acordo com a instituição escolhida.

Taxa de custódia

Representa um valor cobrado para fins de “guardar” suas ações. Algumas corretoras não cobram essa taxa.

Imposto de Renda

Incide somente sobre o ganho de capital das ações. Basicamente, a alíquota do IR para investir na bolsa é de 15%.

Há muitas coisas para considerar ao escolher uma corretora de valores

O investimento na bolsa de valores é intermediado por empresas denominadas corretoras de valores. Essas corretoras executam as ordens de compra e venda que você emitir. A escolha de uma corretora deve fazer parte da estratégia de investimentos, já que existem diversas empresas e planos disponíveis no mercado.

Existem diversos fatores para levar em conta na hora de escolher sua corretora, como preços, funcionalidades do home broker — o sistema que permite negociar ações pela internet — e assessoria especializada, entre muitos outros. Por isso, é importante pesquisar bastante antes de se decidir.

Como você pode ver, o processo de investir em ações não é algo complexo, porém exige que um bom entendimento de como funciona essa forma de investimento. Assim, estude bastante e sempre que possível troque ideias com pessoas da área, que já têm experiência em investir a bolsa.

Um bom lugar para fazer isso é no nosso campo de comentários. Ficou alguma dúvida? Quer sugerir alguma coisa? Conte para a gente!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here