O Facebook é a rede social mais utilizada do mundo (mais de 1,4 bilhões de pessoas tem acesso e o número de visitas diárias é superior a 900 milhões). No Brasil diariamente acedem ao Facebook mais de 47 milhões de pessoas (é o segundo país do mundo com mais acessos diários), logo se ainda não começou a utilizar esta rede social como meio de divulgação da sua empresa, saiba que deve começar ainda hoje. Neste artigo vamos explicar-lhe como funcionam os Facebook Ads, ou seja, os anúncios do Facebook, para que possa começar ainda hoje a divulgar os seus produtos ou serviços ao seu público-alvo.

As empresas devem sempre ter uma página e nunca um perfil, isto porque existem limitações que os perfis têm que as páginas não (por exemplo um perfil limita o número de amigos a 5.000, não lhe permite monitorizar resultados, nem agendar publicações ou colocar anúncios).

Como criar um anúncio no Facebook Ads?

Não é muito difícil realizar a criação do mesmo, basta seguir alguns passos bastante simples e em menos de 15 minutos tem o seu anúncio ativo, através do Facebook Ads. Primeiramente é importante referir que existem diferentes tipos de situações que pode publicitar.

  • Post – Por exemplo se tem um artigo publicado e quer que o mesmo alcance um número superior de pessoas pode fazê-lo ao patrocinar o mesmo diretamente na página.
  • Anúncios – Se quer publicar um anúncio terá de utilizar uma aplicação mais especifica (gestor de anúncios) que lhe permite criar toda a campanha com os objetivos e segmentações que mais se adequem ao que pretende. É sobre tópico que lhe vamos falar hoje.

Quando pensa e idealiza uma campanha para o Facebook Ads, a mesma terá de ir de encontro aos seus objetivos, logo é possível escolher um dos seguintes para se focar:

facebook 1

Quando estiver nesta página vai poder ver em cada um dos tópicos uma breve explicação sobre qual é o foco específico de cada um (conseguindo assim optar pelo que melhor satisfaz as suas necessidades). Cada tipo de objetivo vai desencadear diferentes informações que terá de colocar de seguida, no entanto são todas bastante fáceis de escolher.

Depois de escolhido o objetivo vai começar a definir o seu orçamento e qual o público-alvo que pretende alcançar com o mesmo. É possível realizar uma segmentação bastante criteriosa.

facebook 2

Veja também:

Spostti – Social Media Marketing – Crie posts no Facebook que vendem

G Digital 2.0 – Gestão Marketing Digital

Facebook, um novo mundo online para os negócios!

Anúncios mais baratos com o Facebook

É possível aplicar os filtros gerais como:

  • Localização (pode escolher qualquer lugar) – Por exemplo se tem um serviço de e-commerce e consegue expedir para todo o País pode optar por criar um anúncio que inclua todos os estados brasileiros. No entanto se tem um serviço que apenas pode ser prestado num determinado local (por exemplo restaurante) pode restringir o anúncio para pessoas que se encontrem por exemplo num raio de 5 km desse local.
  • Idade – Dependendo do tipo de produto a idade pode ser um critério bastante importante a ser estudado e utilizado como critério de segmentação. Imagine que vende um serviço de informática para empresas, o seu público-alvo claramente têm de ser pessoas com mais de 20 anos.
  • Idiomas – Pode escolher qual o idioma que quer que as pessoas saibam como critério de segmentação (esta escolha vai depender do seu objetivo e do público que quer alcançar).

facebook 3

Além dos critérios gerais é possível fazer uma segmentação muito mais detalhada de forma a obter uma segmentação mais realista e consequentemente obter um retorno mais elevado com um gasto menor. Pode segmentar por:

  • Dados geográficos – Formação, país, etnia, trabalho (qual o cargo ou o tipo de empresa)…
  • Interesses – Quando utiliza as estatísticas do Facebook, aparece algumas informações importantes que pode utilizar para este tipo de segmentação. Por exemplo pode escolher apenas que o anúncio seja apresentado a pessoas com um interesse específico como: cozinha, desporto, pesca, alimentação, saúde…
  • Comportamentos – Pode escolher quais são os comportamentos necessários para que o anúncio seja apresentado, por exemplo: utilizar o chrome como browser padrão, aceder até da rede wifi num smartphone… Ou seja, deve escolher o que acha ser o mais indicado para o seu tipo de serviço ou produto.

Depois deve escolher qual o orçamento que quer gastar e como é que o quer gastar.

facebook 4

Pode optar por escolher um orçamento por dia, ou o total da campanha, identificar qual o horário em que quer que o mesmo seja apresentado, e escolher como é que quer que seja efetuada a taxação do anúncio. O Facebook Ads é uma ótima alternativa exatamente porque lhe permite fazer todas as configurações que quer.

O passo seguinte (e último) é criar a própria campanha de uma das seguintes maneiras:

facebook 5

  • Uma única imagem – Permite-lhe criar um anúncio apenas com uma imagem que será igual para todas as pessoas.
  • Várias imagens – Pode fazer o upload de 5imagens diferentes, com textos diferentes, alavancando assim o interesse do seu público-alvo.

facebook 6

Ainda na mesma página vai colocar o cabeçalho (ou titulo), o texto, um botão de apelo à ação (por exemplo contactar ou saber mais). Sendo que no separador à direita vai conseguir ir pré-visualizando o anúncio até o mesmo estar apelativo e concluído.

Assim que terminar bastante submeter o mesmo para aprovação pelo Facebook. É importante salientar que os mesmos só vão estar vinculados e prontos a apresentar quando fizer um depósito no gestor de negócios.

Esperamos que tenha ficado a entender um pouco melhor como funciona o Facebook Ads, e que comece ainda hoje a criar o seu anúncio de forma a aumentar as suas receitas através desta ferramenta de marketing digital. Qualquer questão não hesite em contactar-nos.



DEIXE UMA RESPOSTA

16 + 18 =