O Google Analytics é talvez uma das plataformas mais importantes para todos os que fazem a gestão de Marketing em uma empresa. Esta plataforma foi desenvolvida pelo Google como meio para monitorizar o desempenho do seu site e ajuda-lo a otimizar o mesmo. Através do Google Analytics você consegue verificar se os seus esforços com Marketing digital estão a dar o retorno esperado, identificar estratégias de melhoria, assim como ver quem está a aceder ao seu site, que páginas visualizou, e muito mais.

O que posso monitorizar com o Google Analytics?

Pode monitorizar absolutamente tudo o que as pessoas fazem no seu site, desde quantas pessoas acederam (num determinado período de tempo que você pode selecionar), por que keywords acederam, quanto tempo estiveram no site, fazer uma verificação demográfica (idade, sexo, o que gostam…), fazem comparações entre dois períodos temporais diferentes, entre muitas outras coisas.

Um dos dados importantes que deve conhecer e saber analisar são de onde vêm os acessos ao seu site, assim como alternativas que pode utilizar para melhorar as conversões do mesmo.

Termos base que precisa de compreender no Google Analytics:

Embora o Google Analytics seja bastante intuitivo de utilizar existem diversos termos que você precisa de dominar se quiser fazer uma correta análise e interpretação dos dados apresentados. Destacamos as seguintes:

  • Sessões

    Todos os dados de utilização (acessos, páginas visitadas…) estão agregados a uma sessão. Esta conta com um período de tempo em que um utilizador está a interagir ativamente com o site (ao fim de 30 minutos de inatividade o site encerra a sessão, caso o utilizador volte a interagir ao final desse tempo, inicia-se uma nova sessão).

  • Utilizadores

    Número de utilizadores que interagiram com o site num período temporal que você pode definir de acordo com a análise que está a fazer. É possível fazer a distinção entre novos utilizadores (pessoas que acessão o site pela 1ª vez) e utilizadores frequentes;

  • Visualizações de páginas

    É o número total de páginas visualizadas em todas as sessões (incluem visualizações únicas de página);

  • Páginas/Sessão

    Informa a média de páginas que são visualizadas por cada sessão;

  • Taxa de Rejeição

    É uma taxa que indica a média de pessoas que abandona o site após visualizar uma única página;

  • Tráfego Direto

    Deriva de uma sessão em que o utilizador escreveu o link do site no URL no navegador ou acedeu ao site através de qualquer outro marcador (já guardado e utilizado anteriormente);

  • Pesquisa Orgânica

    É o tráfego realizado por busca não paga num motor de pesquisa (bing, Google, yahoo). Devido à alteração nas definições de privacidade do Google na maioria das vezes não é possível saber a sua origem;

  • Tráfego Referencial

    O tráfego é gerado através de outros sites através de links de referência (estão incluídos neste tipo de tráfego as análises realizadas remotamente por sites de referência);

  • Tráfego Social

    É todo o tráfego que é gerado através de uma rede social (Facebook, LinkedIn, Pinterest, Twitter…);

  • Tráfego de Mail

    O tráfego é gerado através de mails que foram enviados pela empresa (ex: no seguimento de uma campanha de mail Marketing).

  • Tráfego Pago

    É todo o tráfego que é gerado por campanhas de publicidade paga através do Google Adwords.

Estes são os termos mais importantes para se iniciar na análise do seu site através do Google Analytics, vai ver que é super fácil de usar e que vai conseguir melhorar o seu ranking no Google com a ajuda desta plataforma. Acesse e crie sua conta gratuita.

Gostou das dicas? Tem alguma dúvida? Então diga nos comentários sua opinião e sua dúvida. E inscreva seu email logo abaixo para receber mais dicas e informações como esse.

 



DEIXE UMA RESPOSTA

14 + 4 =