A música faz parte da vida das pessoas e de suas origens. Desde que o mundo é mundo, os povos são acostumados a realizar rituais e celebrações com canções locais. Afinal, muitos são movidos à base das músicas preferidas.

Como muito sabem, para compor uma canção é necessário que haja instrumentos para dar a melodia das composições. Algumas músicas não precisam de voz, já que todo o ritmo é produzido a partir de tais instrumentos que, em harmonia, constroem belas sonoridades.

Para conhecer um pouco mais sobre as músicas de uma determinada região ou os ritmos do local, é preciso estudar sobre os objetos que fazem parte delas. Dessa forma, hoje, vamos falar mais sobre um instrumento muito famoso no mundo todo e muito utilizado por músicos brasileiros.

O cavaquinho:

Quem nunca ouviu o som de um cavaquinho? Ele está sempre fazendo parte dos ritmos brasileiros, alegrando a melodia das canções, principalmente no samba e nas escolas de samba brasileiras. O que poucos sabem é a história deste instrumento, muito usado no carnaval. Por isso, hoje vamos falar um pouco sobre sua origem e como ele se tornou parte inseparável da cultura do Brasil.

A história do cavaquinho:

O cavaquinho é um instrumento da família dos cordofones de pequenas dimensões. Conhecido também como braguinhabragamachete-de-braga e cavaco, ele é considerado um tipo de viola com tampos chatos. Suas cordas são presas às cravelhas de madeiras e ao cavalete colado no meio do bojo inferior do tampo. Geralmente, ele é construído a base de madeira.

Considera-se que este instrumento é originado de Portugal, vindo a ser levado para outras regiões, alcançado países como Havaí, Moçambique e, claro, o Brasil.

Origem do instrumento:

Como foi dito anteriormente, o cavaquinho é um instrumento português, mas especificamente da região de Minho, que mais tarde foi levado à Braga, onde se tornou conhecido pelo nome do próprio local e por braguinha e, pouco tempo depois, chegou ao Brasil. Tornando-se, assim, um dos instrumentos mais popular por onde passava, incluído, nos ritmos e ruas brasileiros.

Características:

O cavaquinho é divido em:

1- Cavalete: É a parte onde as cordas ficam presas.

2- Rastilho: Acoplada no cavalete, dando altura e tensão das cordas.

3- Boca: Orifício responsável pela emissão da sonoridade do instrumento.

4- Braço: Onde são colocados os dedos, formando notas para a emissão da melodia.

5- Escala: Placa de madeira que fica colada no braço, onde ficam os trastes.

6- Tarrachas: Onde é controlada a afinação das cordas.

Além disso, o cavaquinho possui 12 trastos em sua forma original e sua afinação varia muito de acordo com a região que se encontra e com a melodia a ser composta.

Cavaquinho no Brasil:

Apesar de ser um instrumento português – confrontando as expectativas de que seria um instrumento brasileiro – o cavaquinho tornou-se conhecido ao chegar ao Brasil. Ele, até nos dias atuais, é um dos instrumentos mais utilizados, pois faz parte de diferentes ritmos e canções.

No Brasil, alguns cantores integraram o cavaquinho ao pandeiro e, a partir de então, começou a surgir os primeiros sambas. Foi em 1910 que o instrumento passou a ser usado nas escolas de samba, tornando-se, assim, parte fundamental dos ensaios e desfiles.

Ele é muito usado nas congadas paulistas (manifestações culturais e religiosas afro-brasileiras) e junto com outros instrumento como o violão de 7 cordas, a flauta e o bandolim, forma o inesquecível ritmo chamado de chorinho.

Foi então que Waldir Azevedo, músico renomado do choro, colocou o cavaquinho como o instrumento principal do ritmo, que mais tarde, utilizou este instrumento em solos, explorando a potencialidade do cavaco. Depois da passagem pelo choro, o sucessor de Waldir, Roberto Barbosa, conhecido também como Canhotinho, utilizou o cavaquinho, aprimorando a técnica deixada pelo cantor de choro e, hoje, Canhotinho é o arranjador do famoso grupo de samba, Demônios da Garoa.

Curiosidade:

Em um artigo anterior falamos sobre um instrumento havaiano chamado Ukulele. O que poucos sabem é que este instrumento foi construído com baseado no cavaquinho português.

 

OFERTAS DE FINAL DE ANO
3x de R$ 106,00 sem juros


4x de R$ 104,75 sem juros


De: R$ 289 Por: R$ 229



2x de R$ 59,50 sem juros


De: R$ 369 Por: R$ 179,90


De: R$ 15,5 Por: R$ 9,90




DEIXE UMA RESPOSTA

catorze − 10 =