Os festivais de músicas são os eventos mais esperados por quem adora passar algumas horas ouvindo o som que mais lhe agrada. Por isso, hoje, vamos falar sobre a história de um dos maiores e mais conhecidos festivais do mundo, o Woodstock.

O Festival:

Woodstock Music e Art Fair, conhecido apenas por Woodstock ou por Festival de Woodstock, foi um evento que ocorreu entre os dias 15 e 18 de agosto de 1969 em uma fazenda na cidade de Bethel, no estado de Nova York, Estados Unidos. A ideia inicial é de que o festival, chamado de “Uma Exposição Aquariana: 3 Dias de Paz e Música”, acontecesse na cidade de WallKill, porém, os moradores foram contra, levando o espetáculo para outro local.

Além de contar com trinta e dois dos mais conhecidos músicos da época, o festival exemplificou a era comunista e a contracultura do final da década de 60. Os cantores convidados se apresentaram para 400 mil espectadores.

Veja também:

Rock in Rio – o maior festival de música da América Latina

Festival Música do Mundo: Uma festa que balança o interior de Minas

Conheça a história de uma das maiores cantoras do Rock, Janis Joplin

David Bowie – A morte de uma lenda

A idealização do Woodstock:

O evento surgiu da ideia de Michael Lang, John P. Roberts, Joel Rosenman e Artie Kornfeld. Roberts e Rosenman, onde tiveram o objetivo de criar um festival ao ar livre. Apesar de promover a cultura, eles visam um retorno financeiro. Inicialmente, os ingressos eram vendidos de diversas formas, isso fez com que os organizadores estimassem cerca de 200 mil pagantes, no entanto, o festival recebeu quase meio milhão, pessoas que derrubaram as cercas, transformando o Woodstock em algo gratuito.

A cidade que sediava o evento se transformou em um caos já que ruas foram congestionadas. Além disso, as instalações não foram construídas, visando atender tantas pessoas e, assim, centenas de pessoas se viram lutando contra o mau tempo, a falta de comida e condições precárias de higiene. Mesmo com os problemas, o público estava indo a loucura ao som de tantos artistas renomeados, promovendo uma harmonia social. Contudo, foram registradas duas fatalidades no local: a primeira motivada por uma overdose de heroína e a segunda por atropelamento de um trator. Além das mortes, tiveram dois partos e quatro abortos.

Apresentações durante o evento:

Durante os quatro dias de shows e muito agito, passaram trinta e dois artistas pelo palco. Dentre estes estavam: Richie Havens, Swami Satchidananda e Tim Hardin no dia 15 de agosto, o primeiro dia do Woodstock. No dia seguinte, subiram ao palco: Quill, John Sebastian, Santana, Montanha, Creedence Clearwater Revival, The Who e a tão esperada Janis Joplin com a banda Kozmic Blues Band.

Já nos últimos dias, o festival contou com a participação de outros músicos como: Joe Cocker, Country Joe and The Fish, Johnny Winter e seu irmão Edgar Winter e Jimi Hendrix, considerado por muitos como o melhor guitarrista de todos os tempos.

Músicos que recusaram o convite:

Apesar do sucesso entre o público, alguns músicos famosos se recusaram a participar do festival. Sendo assim, dentre eles estão:

  • The Beatles:

    Existem duas especulações em relação a recusa. A primeira é que John Lennon só tocaria se sua outra banda, Plastic Ono Band, fizesse parte das apresentações. A segunda é de que Lennon estava proibido de entrar nos Estados Unidos. Entretanto, a banda já estava 3 anos sem se apresentar.

  • The Doors:

    A banda cancelou a participação no último momento. De acordo com o guitarrista, eles optaram pela não participação, pois acreditavam que se tratava de algo semelhante ao Monterey Pop Festival. Além disso, Jim Morrison estava inseguro ao participar de um evento que tinha uma grande plateia.

  • Led Zeppelin:

    De acordo com o, até então, empresário Peter Grand, ele recusou o convite, pois acreditava que eles seriam apenas mais uma banda no meio de tantas.

  • Bob Dylan:

    Apesar da negociação, ele decidiu não participar, já que seu filho estava doente. Além disso, ele não estava contente com os hippies acampados perto de sua casa na cidade onde ocorreria o festival originalmente.

  • Jethro Tull:

    Recusou depois que seu empresário relatou a quantidade de drogas, prostituições e hippies que estariam no local. Apesar disso, é possível ouvir duas músicas da banda tocando no som mecânico.

Apesar do prejuízo, o Woodstock entrou para história e as pessoas que participaram mantém esses dias de músicas na memória.

OFERTAS DE FINAL DE ANO
3x de R$ 106,00 sem juros


4x de R$ 104,75 sem juros


De: R$ 289 Por: R$ 229



2x de R$ 59,50 sem juros


De: R$ 369 Por: R$ 179,90


De: R$ 15,5 Por: R$ 9,90




DEIXE UMA RESPOSTA

16 − sete =