Os hidratos de carbono são uma das principais fontes de energia do organismo e o pior inimigo das dietas que você faz quando quer emagrecer. Têm-nos questionado sobre se devem ou não comer hidratos durante o regime. Nesta matéria vamos explicar tudo o que necessita de saber.

A eliminação quase total dos hidratos de carbono é uma das resoluções mais comuns para quem quer fazer dieta. Vistos como vilões, são excluídos do dia-a-dia para que o número da balança também diminua.

No entanto, é importante salientar que uma alimentação equilibrada deve ser composta por hidratos de carbono, proteínas, gorduras insaturadas, fibras, vitaminas e minerais que dão ao nosso organismo os nutrientes necessários para o seu adequado funcionamento. É importante ter sempre em conta a quantidades consumidas.

Veja também:

Emagreça Com o Dr. Rocha | Queima de 48 Horas 2.0 – Emagrecer

Queimar gordura localizada e ficar bonita para o verão

Perca peso sem passar fome – A melhor dieta

Top 10 das tendências de alimentação para 2016

O que são hidratos de carbono?

Os hidratos de carbono são um dos macronutrientes que fornecem 4 kcal por grama (à semelhança da proteína) e a mais importante fonte energética. Se bem selecionados e ingeridos com conta, peso e medida, não representam um aumento de gordura corporal.

Existem 2 tipos de hidratos de carbono, que se dividem em dois grupos: simples (de absorção rápida) e complexos (de absorção lenta).

Os primeiro são os menos interessantes, nutricionalmente falando e incluem o açúcar, bolos, arroz, massa e pão branco. Estes provocam a libertação de insulina, uma hormona responsável pelo armazenamento do açúcar. Ao utilizar o açúcar sanguíneo como fonte de energia, a gordura passa para segundo plano e é armazenada sob a famosa forma de “gordura localizada“.

Os hidratos de carbono de absorção lenta fornecem ao organismo energia de forma gradual e, como tal, o armazenamento de gordura não se verifica da mesma forma. Estamos a falar dos cereais integrais, fruta e leguminosas.

Porque perdemos peso se restringirmos os hidratos de carbono?

E é quando se precisa perder aqueles quilos a mais que se recorre à restrição deste macronutriente. Uma prática muito comum nos dias de hoje e que surte resultados quase imediatos, no entanto muito pouco duradouros. Sabia que quando se faz uma restrição de hidratos de carbono, aquilo que vai perder é água e não gordura ( o que deve ser o principal objetivo da dieta).

Quando os hidratos de carbono são novamente introduzidos na dieta, é normal que o peso aumente devido ao aumento de água dentro das células.

Tendo em conta estas questões, deve incluir hidratos de carbono na sua alimentação por 3 motivos:

1 – Os hidratos de carbono fornecem ao nosso organismo energia. O nosso corpo precisa de uma quantidade mínima de HC para alimentar o cérebro. Não deve deixar de comer pão, massa ou arroz. Prefira as versões integrais às refinadas que têm mais fibra na sua composição e por isso saciam durante mais tempo;

2 – Por serem fontes de fibra, ajudam a regular o seu apetite e a contribuem para um trânsito intestinal normal;

3 – Desempenham um papel essencial no bom funcionamento dos órgãos, células e tecidos;

4 – A reposição do açúcar no sangue é fundamental para que não haja degradação do músculo.

Esperamos que esta matéria o ajude a entender melhor como é que os hidratos de carbono funcionam no seu organismo. Se quiser esclarecer qualquer dúvida entre em contacto conosco. E não deixe de conhecer e curtir nossa página no Facebook.



DEIXE UMA RESPOSTA

dezesseis − oito =