Todo mundo já falou — ou no mínimo ouviu — que “na segunda vou começar a dieta”. Como esse é o primeiro dia da semana, todo mundo se acostumou a ter nele um ponto de referência para o início de qualquer atividade.

Porém, além do costume de iniciar projetos junto com o começo da semana de trabalho, essa célebre frase também é, com frequência, uma desculpa para não deixar de comer um alimento cheio de fritura ou tomar um balde de sorvete com calda quente no final de semana — uma péssima desculpa, aliás!

São vários os motivos para começar a rever os hábitos alimentares agora mesmo. Vamos mostrar 5 deles no post de hoje. Confira:

Já tem muita coisa desagradável começando às segundas-feiras

Depois de um final de semana daqueles lindos, divertidos, sem preocupações e dormindo um pouco mais, na segunda é necessário acordar cedo, pegar trânsito ou transporte público lotado, lidar com cobranças… Parece uma boa ideia começar a controlar a boca justo nesse dia? Sejamos francos: mesmo a mais branda das dietas é uma restrição a algo que dá prazer — esse é inclusive um dos motivos de muitos não as levarem até o fim.

É incontável o número de pessoas que têm o hábito de aplacar os estresses e frustrações do dia a dia com uma xícara de café adoçado, uma barra de chocolate ao leite ou um bife sangrando no almoço, regado a muito refrigerante. O dia mais estressante da semana é o pior para combater este hábito.

Por isso, comece agora e já esteja mais acostumado quando o grosso do estresse chegar. A única justificativa possível para rever seus hábitos alimentares na segunda-feira é ter se decidido nesse mesmo dia.

A dieta não tem deadline

Diferentemente dos trabalhos de faculdade que se faz em cima da hora, a dieta não tem prazo para ser entregue. Um aluno pode não estar com ânimo para fichar um livro e deixar para depois, mas se fizer isso indefinidamente haverá uma punição em forma de nota baixa. Mais dia, menos dia, o trabalho vai ser feito, nem que seja na marra (ou na recuperação).

Da mesma forma, um redator que fica olhando o WhatsApp em vez de escrever vai precisar correr quando o prazo estiver chegando ao fim — e assim acontece com qualquer atividade relacionada a trabalho ou estudo que tenha um prazo definido.

Mas o que impede uma pessoa que procrastina o começo da dieta para segunda-feira procrastinar também para a segunda-feira seguinte? E a seguinte, e a seguinte, e assim indefinidamente. Apesar dos problemas de saúde gerados a longo prazo por hábitos alimentares desregrados, não há uma represália direta e imediata para essa falta de compromisso. O máximo que pode acontecer é o médico dar uma senhora bronca no procrastinador — e possivelmente ela seria esquecida em pouco tempo.

Veja também:

BAIXE GRÁTIS o app Q48 e perca barriga na sua casa

Método Start INVS – Emagrecimento e Desintoxicação

8 dicas de como perder Gordura Localizada na Barriga

15 alimentos que ajudam a prevenir queda de cabelo

O metabolismo se habitua ao peso

Há uma enorme pressão social para que as pessoas percam peso. Por isso, apesar de as dietas não existirem apenas para emagrecimento, é quase sempre com esse intuito que elas são utilizadas. Quando um indivíduo passa muito tempo com determinada forma física, seu organismo entende essa forma como adequada e trabalha para que ela continue assim.

Por isso, via de regra, é mais difícil perder peso depois de muito tempo do que logo após ter engordado. Da mesma forma, os primeiros dias depois de emagrecer são os que mais facilmente se engorda. É o que ficou conhecido como “efeito sanfona” — assim como o fole do instrumento, a silhueta pode aumentar em um período muito curto.

Quanto mais rápido começar a dieta, mais rápido haverá resultados

Isso é óbvio, mas muitas vezes o óbvio precisa ser dito. Esse texto pode ser lido em qualquer dia semana, mas suponhamos que hoje seja terça. Daqui até segunda-feira são seis dias, praticamente um quarto de mês. É muito tempo desperdiçado sem motivo.

Isso significa que, se uma pessoa vai começar uma dieta de emagrecimento que faz perder em torno de dois quilos em um mês, na segunda-feira do começo de sua mudança nos hábitos alimentares ela já poderia estar cerca de meio quilo mais magra. Ou mais disposta, com maior massa muscular — tudo depende do objetivo do novo regime alimentar.

Alimentação saudável melhora a qualidade de vida

Como já foi dito, é mais comum que as pessoas façam uma dieta para perder peso, mas essa não é a única vantagem de uma mudança de hábitos alimentares. Tem gente que precisa engordar um pouco, por exemplo. E também tem quem que não esteja precisando engordar nem emagrecer, mas está se matando de pouco em pouco com o tipo de alimentação que tem.

Já ouviu dizer que “você é o que você come”? Ingerir menos porcarias, menos carne, açúcar, sal e tantas outras substâncias e substituí-las por alimentos mais saudáveis, como frutas, legumes e verduras faz, maravilhas. Além dos benefícios para a saúde a longo prazo, isso também aumenta a disposição e melhora o humor, principalmente se a dieta for aliada a um sono satisfatório e atividade física.

Em vez de deixar a dieta para segunda-feira, é muito mais interessante dar o pontapé inicial agora e, quando a semana começar, estar em condições muito mais favoráveis para enfrentar os estresses da vida.

Seja para emagrecimento, ganho de peso ou qualquer outro objetivo, já demonstramos que não há motivo razoável para começar a dieta só na segunda-feira e que as razões para iniciar agora mesmo são muito sólidas. Em saúde e autoestima, só se tem a ganhar.

Se a dieta que você estava pensando em deixar para segunda-feira e vai começar assim que terminar de ler este texto é de emagrecimento, dê uma olhada nesse incrível programa de exercícios. Com até mesmo cinco minutos de dedicação diária é possível queimar calorias de forma muito mais eficiente do que com os métodos tradicionais. E, o melhor de tudo, sem a chateação de ficar vários minutos seguidos em uma esteira, andando sem sair do lugar. Não deixe de conferir!



DEIXE UMA RESPOSTA

nove + 14 =