Muitas pessoas estão sofrendo de pressão alta. Hoje, é normal que elas utilizem medicamento para manter a pressão arterial controlada, evitando diversos problemas que podem surgir através deste mal. Por isso, este artigo tem como objetivo falar mais sobre a hipertensão e as precauções que todos devem tomar para evitar que isso ocorra e ter uma saúde mais apropriada.

Siga a Proddigital Saúde no Twitter >>>

Hipertensão:

Hipertensão, ou pressão alta, é uma elevação dos níveis do sangue. Ou seja, é uma alteração da pressão arterial que pode ocasionar diversos problemas. Apesar de não ter cura, ela pode ser controlada apenas com dietas e, quando necessário, com medicamentos e tratamentos acompanhados por um profissional da saúde.

Trata-se de uma doença crônica que geralmente acontece devido a outras alterações do organismo como a obesidade. Além do excesso de peso, a hipertensão pode ocorrer até mesmo em pessoas magras, pois seu surgimento se dá quando as artérias perdem a capacidade de contrair e dilatar ou quando o volume de circulação aumenta significativamente, exigindo uma maior velocidade para circular o sangue.

Por incrível que pareça, mesmo podendo ser observada, a pressão alta ainda é uma das principais causas de morte nos dias atuais.

Veja também:

Dor Nas Costas Nunca Mais

Tratando a doença de Parkinson naturalmente

Como acontece a hipertensão:

Pressão arterial sistólica é o nome dado para o movimento que ocorrer quando o coração bombeia sangue pelas artérias para o resto do corpo, fazendo o movimento de contração. Quando há uma alteração da circulação ou excesso de volume, ocorre a hipertensão.

Tipos de pressão alta:

A pressão alta pode ser dividida em três estágios, sendo:

1- Estágio I:

É quando o nível de milímetro de mercúrio está acima de 140 por 90 e abaixo de 160 por 100.

2- Estágio II:

É quando este nível é maior que 160 por 100 e menor de 180 por 110.

3- Estágio III:

É quando fica acima de 180 por 110.

Vale ressaltar que a pressão arterial considerada normal deve estar a 120 mmHg (milímetro de mercúrio).

Sintomas:

Quando uma pessoa apresenta uma elevação da pressão arterial, geralmente apresenta alguns sintomas. Ocorrendo isso, é fundamental procurar ajuda de um especialista. Tais sintomas são:

• Enjoos:

É normal a pessoa ficar nauseada quando sua pressão estiver alta.

• Tonturas:

Algumas vezes, a pressão alta pode causar tonturas e desconforto.

• Dor na nuca:

Um dos principais sintomas é a pressão ou dor na nuca.

• Dor no peito:

A dor no peito pode ser um sintoma de hipertensão. Se isso estiver ocorrendo, é imprescindível procurar ajuda médica.

• Problemas respiratórios:

Algumas pessoas podem apresentar dificuldade de respirar quando a pressão estiver alterada.

Veja também:

Trombose Venosa Profunda, uma doença que pode atingir até mesmo os atletas

Zika Vírus, conheça um pouco mais sobre esta doença

Os sintomas costumam aparecer apenas quando há uma elevação da pressão.

Fatores de risco:

A maioria dos casos, a hipertensão é herdada, porém, apesar de ser minoria, a pressão alta pode ser ocasionada por problemas de saúde como: alteração da glândula tireoide ou das glândulas endocrinológicas, cigarro, bebidas alcoólicas, obesidade, diabetes, sedentarismo e alimentação.

Tratamento:

Antes de qualquer coisa, é fundamental seguir as orientações do médico para evitar problemas mais graves. No entanto, há algumas dicas para controlar esse problema e que podem surtir um grande resultado.

• Evite o sal:

Algumas pessoas adoram abusar do sal, porém, quem é hipertenso não deve utilizar este produto para evitar que a pressão suba. Por isso, evite o máximo que puder, dando preferência para uma alimentação mais saudável.

• Não ingira gordura:

Alimentos gordurosos podem alterar a pressão, fazendo com que os níveis fiquem muito alterados.

• Não consumir alimentos industrializados:

Estes alimentos possuem muita gordura, conservante e sódio. Evite o consumo destes alimentos, mantendo uma dieta rica em vitaminas e minerais.

• Pratique exercícios físicos:

As atividades físicas são excelentes para manter a saúde em dia e um condicionamento físico mais adequado. Sendo assim, faça exercícios diariamente, isso evita o aumento do colesterol e acumulo de gordura, além de ajuda na perda do peso.

• Beba muita água:

A água é a principal fonte para a vida e para a manutenção da saúde, ajudando, inclusive, a manter a pressão em seu nível normal.

Se depois destes cuidados, a pressão continuar alta, é importante o uso de medicamentos e visitas ao médico, pois isso pode desencadear doenças mais graves como o infarto, podendo levar a pessoa, até mesmo, a óbito.



DEIXE UMA RESPOSTA

20 − dezoito =