Em pleno século XXI ainda é comum o uso do tabaco. Mesmo que haja diversas campanhas que alertam os perigos que os cigarros podem causar, ainda há milhares que simplesmente não conseguem largar o vício. O pior é que este consumo feito por parte do público jovem está cada vez maior.

Nos últimos anos houve propagandas expostas nas caixas dos cigarros, alertando o mal que o fumo pode causar, porém, isso não foi suficiente para que a população parasse o consumo desse produto. Sendo assim, hoje iremos mostrar os malefícios que o tabaco trás e as principais doenças que podem ser desenvolvidos nos fumantes.

Cigarro Nunca Mais – Pare Definitivamente de Fumar com Técnicas >>>

Doenças causadas pelo tabaco:

O mal que o cigarro faz para a saúde humano já é conhecido, porém, poucos conhecem realmente quais são os problemas que ele pode causar. Assim, abaixo segue uma lista das principais doenças que este vício pode desenvolver.

  • Aumento do ritmo cardíaco: Com o uso do cigarro, o coração pode acelerar, aumentando a frequência cardíaca significativamente, isso pode provocar tonturas, palpitações e outros problemas mais graves, podendo levar o fumante a ter sérios problemas do coração.
  • Infarto agudo do miocárdio: Conhecido como ataque cardíaco, ele se caracteriza pela diminuição da circulação sanguínea no coração, fazendo com que o músculo seja privado de oxigênio e nutrientes, causando lesões e, algumas vezes, morte do tecido.
  • Derrame cerebral: O Derrame Cerebral ou Acidente Vascular Cerebral se caracteriza pela perda da função neurológica, decorrente do entupimento ou rompimento de vasos cerebrais. Em alguns casos, a pessoa pode apresentar sequelas irreversíveis, podendo, também, ser levada a óbito.
  • Menopausa precoce: Mulheres que costumam fumar pode apresentar menopausa precoce, podendo levar à falência do ovário, impossibilitando a gravidez.
  • Gastrite e úlcera gástrica: A gastrite em si não é uma doença única, ou seja, na verdade ela é uma consequência de diversas lesões causadas no estômago. Em alguns casos, essas lesões podem provocar feridas que são chamadas de Úlceras Gástricas, permitindo dores na região.
  • Enfisema pulmonar: Trata-se de uma doença onde os tecidos dos pulmões são gradualmente danificados. Essa destruição acontece onde ocorre a troca do oxigênio pelo dióxido de carbono, causando a falta de ar. Algumas pessoas precisam do auxílio de bolsas de oxigênio para conseguirem respirar.
  • Bronquite crônica: Essa doença causa inflamação na principal passagem do ar para os pulmões. A versão crônica deste problema requer diversos cuidados especiais e causa muito desconforto para o indivíduo.
  • Obstrução progressiva das artérias: A obstrução das artérias, chamada também de entupimento arterial pode causar diversos problemas, incluindo o infarto. Além disso, em alguns casos sérios, pode culminar em amputação dos membros.
  • Câncer: O câncer talvez seja a doença mais temida pelos fumantes. O que poucos sabem é que o tumor do pulmão não é o único tipo de câncer que o tabagismo pode causar. Além desse, pode ser desenvolvido o câncer no fígado, rins, coração, garganta, faringe e outras espécies. Quando se torna maligno a pessoa deve ser submetida a tratamentos como quimioterapia e radioterapia, este que são altamente agressivos, propiciando mal-estar e outros problemas. Algumas vezes é necessária intervenção cirúrgica. Entretanto, em casos avançados, a doença pode levar o viciado a óbito.

Veja também:

Câncer de pele: Aprenda a prevenir essa doença

Câncer de Mama – Tipos, Causas e Tratamentos

Quando o fumante decide largar o cigarro, ele precisa desintoxicar o organismo para que a necessidade não apareça. No entanto, alguns preferem partir do fumo industrializado para outras formas de tabaco, mas isso não diminui os riscos que ele causa. A seguir, listamos alguns tipos de fumos e seus principais riscos.

Tipos de fumos:

1- Charuto: Por não possuir filtro e manter as folhas de tabaco inteiras, há maiores chances de problemas pulmonares e cardíacos.

2- Narguilé: Este produto oriental é muito apreciado em festas brasileiras, porém, alguns estudos apontam que fumar narguilé por 80 minutos equivale a 100 cigarros industrializados. Além disso, o nível de nicotina é maior, aumentando a probabilidade de vicio e o desenvolvimento de doenças causadas pelo tabaco.

3- Cachimbo: O cachimbo é muito utilizado por aqueles que pararam de usar o cigarro tradicional. Porém, ele aumenta as chances da pessoa adquirir os diversos tipos de câncer.

Veja também:

Deixar de fumar – 10 passos que o ajudam a largar este vício

O cigarro é uma péssima escolha, por isso, evite experimentar. Se você é fumante e deseja parar, procure ajuda médica e evite lugares e atitudes que despertem ainda mais a vontade. Certamente, você sentirá os benefícios que a falta do cigarro trás.

Vamos decidir parar de fumar agora? Conte nos comentários abaixo o que você está fazendo para parar de fumar.

Ebook Grátis - 39 Receitas para Emagrecer



DEIXE UMA RESPOSTA

4 × 4 =