Crianças são seres puros, indefesos e precisam de todo o carinho e atenção, principalmente em situações difíceis como em casos de internação e tratamento hospitalar. De fato este, é um momento delicado, tanto na vida dos pais e cuidadores quanto para as próprias crianças. A hostilidade e frieza dos hospitais tornam a experiência um tanto sofrida para esses pequenos pacientes, já fragilizados pelas dores causadas por diversos tipos de enfermidades.

Com o objetivo de tornar a estadia das crianças nas dependências do hospital mais acolhedora, o Instituto Pensi, que desenvolve pesquisa clínica em saúde infantil, desenvolveu um programa de voluntariado para oferecer apoio técnico e psicológico aos interessados em se tornar voluntários para tornar a experiência enriquecedora.

O que é o Instituto PENSI?

A Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil são as palavras que definem o Instituto Pensi. É uma associação sem fins lucrativos, responsável pela realização de pesquisas na saúde de crianças e adolescentes e promoção do programa de voluntariado da Fundação José Egydio Setúbal, que atende ao Hospital Infantil Sabará, em São Paulo.

As áreas de pesquisa do Instituto Pensi se debruçam em temáticas como: produção de conhecimento técnico e científico na área da saúde infantil, segurança alimentar e nutricional, desenvolvimento de tecnologias para auxiliar no tratamento de crianças e adolescentes, entre outras temáticas pertinentes à saúde de crianças e adolescentes.

Como funciona o voluntariado do Instituto PENSI?

Por meio de vários cursos e palestras, o Instituto Pensi oferece suporte em nível teórico e psicológico para que os voluntários possam compreender as necessidades dos pequenos pacientes e suas famílias nas dependências do hospital infantil. As capacitações acontecem a cada dois meses em diversos horários e dias da semana, inclusive aos sábados.

Após a capacitação teórica – que dura cerca de 9h –  os voluntários passam por diversos departamentos do hospital para entender como cada área opera: desde o pronto socorro infantil, passando pela sala de medicação, exames, centro cirúrgico, unidade de tratamento intensivo, internação e isolamento e brinquedoteca.

Após conhecer todas as áreas do Hospital, o voluntário escolhe qual a área que possui maior afinidade e passa a trabalhar nos dias e horários escolhidos por ele.

Quem pode fazer parte?

Se você estiver disposto a brincar, contas histórias, cantar, conversar e ganhar em troca sorrisos recompensadores, este programa voluntário é ideal.

O programa de voluntariado do Pensi foi pensado para receber qualquer pessoa que tenha interesse em ajudar as crianças do hospital. Entendendo a dificuldade em conciliar a agenda apertada de muitos interessados, eles possuem horários alternativos de cursos, inclusive aos sábados e o horário do trabalho voluntário é flexível. Para se ter ideia, com duas horas diárias é possível ser voluntário no hospital. Então, se o seu problema for a falta de tempo, a gente já adianta que dá para conciliar, sim.

Os requisitos para se tornar voluntário do instituto são básicos. O interessado precisa ter mais de 18 anos, ter disponibilidade para participar os cursos preparatórios, estar com as cadernetas de vacinação em dia, ter boa comunicação e nível de maturidade para lidar com situações difíceis.

Benefícios em participar de programas de voluntariado

Se acha que participar de programa de voluntariado pode ser cansativo e estressante, está enganado. Veja abaixo algumas das vantagens que a participação nesse tipo de atividade pode causar na vida das pessoas:

Ao se colocar no lugar das crianças e suas famílias, o voluntário consegue ter a compreensão de que um simples sorriso, uma canção ou uma conversa pode aliviar não somente as dores físicas dos pacientes, mas ajuda também na cura psicologia. Ter a sensação de poder fazer o bem a quem precisa é tão transformador que é até difícil transformar em palavras.

Participar de programas de voluntariado em hospitais infantis pode ainda despertar a vocação em atuar profissionalmente com a área da saúde, como a pediatria e enfermagem. Portanto, para quem ainda está indeciso em que carreira seguir, o voluntariado do Instituto PENSI pode ser a porta de entrada para uma brilhante e promissora carreira na área da saúde.

Os programas de voluntario também podem ser indicados como uma forma de aliviar o estresse causados por situações traumáticas, como a perda de um ente querido.

A oportunidade pode ainda ser relevadora para quem acredita que suas habilidades profissionais podem de alguma forma colaborar para o bem-estar das crianças e suas famílias.

Para quem tem interesse em atividades artísticas como teatro, contação de histórias, dança e música, o voluntariado em hospitais infantis pode ajudar a exercitar este tipo de atividade.

Pessoas que se sentem sozinhas ou ociosas podem contar com o voluntariado para preencher o tempo com atos de solidariedade e ajuda ao próximo.

Fique atento para às inscrições

Se a ideia do voluntariado parece uma boa ideia, fique atento ás inscrições para o programa de voluntario. Os cursos acontecem periodicamente. Seja avisando quando o programa estiver disponível cadastrando-se na área de voluntariado do Instituto Pensi.



DEIXE UMA RESPOSTA

três + 17 =