Nada pode ser pior do que uma crise de sinusite, a doença mais frequente e comum do inverno. Para quem não sabe, a sinusite é um tipo de inflamação da mucosa que está presente nos seios da face, atingindo uma região do crânio que tem várias cavidades ósseas nas proximidades do nariz humano. É por isso que as pessoas com esta doença sentem um desconforto que atinge as regiões em torno do nariz, dos olhos e das maçãs do rosto.

Quando o acúmulo de secreção nos seios da face é grande, os pacientes sentem dificuldade para respirar, dor de cabeça, dor no rosto, fadiga e mal estar. Segundo os órgãos de saúde dos Estados Unidos, 16% da população norte-americana sofrem de sinusite.

Um estudo publicado na revista científica Journal of the American Medical Association (JAMA) mostra que, na maior parte dos casos, os médicos recomendam, de maneira errada, antibióticos para tratar a inflamação. De acordo com o médico otorrino Jay Piccirillo, da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, no lugar de medicamentos antibióticos, o tratamento da sinusite deveria contar com analgésicos e medicamentos descongestionantes.

Causas frequentes da sinusite

Esta doença pode ser causada por bactérias, vírus e por fatores alérgicos externos, como o contato com a poeira, com a poluição, com animais, pólen, ácaros, mofo e odores estranhos. Doenças alérgicas, como a asma, por exemplo, também podem gerar um quadro de sinusite.

Existem níveis de sinusite, como a Aguda e a Crônica. A aguda é aquela que dura menos de 12 semanas. Já a crônica permanece por um período prolongado, com inchaço dos seios nasais.

Veja também:

Dor de cabeça Nunca Mais | Dor Nas Costas Nunca Mais

Estresse no trabalho – Saiba como combater esse mau que prejudica a sua produtividade

Zika Vírus, conheça um pouco mais sobre esta doença

Hipertensão – a doença que pode ser controlada

Para o correto diagnóstico, é importante consultar um médico. Os exames mais requisitados para casos suspeitos de sinusite são a endoscopia nasal, as tomografias computadorizadas, os testes de alergia e a análise de culturas nasais.

Vale lembrar que esses casos são mais frequentes durante o inverno, e podem evoluir de uma simples condição de resfriado ou gripe. É preciso atenção aos sintomas para procurar orientação médica já no começo das crises de sinusite.

Conheça as principais indicações de tratamentos

O tratamento da sinusite deve ser feito de acordo com as recomendações médicas. Lembre-se de que a automedicação nunca é indicada, e pode colocar sua saúde e sua vida em risco.

De uma maneira geral, o tratamento inclui o uso de soro e inalação para eliminar as secreções nasais, sprays de corticoides nasais para tratar o processo inflamatório, descongestionantes e analgésicos. O tratamento também requer alguns comportamentos cuidadosos do paciente, como manter uma alimentação saudável e evitar a exposição a baixas temperaturas.

Em casos mais graves, os médicos podem indicar uma cirurgia endoscópica, capaz de encontrar fontes de obstrução do nariz e aumentar a abertura do seio da face. O importante é saber que sinusite tem cura e tratamento adequado.

Procure seu médico e converse sobre as melhores alternativas para tratar o problema. Cuide da sua saúde e previna-se!



2 COMENTÁRIOS

  1. Hello! I know this is kind of off topic but I was wondering which blog platform are you using for this website? I’m getting fed up of WordPress because I’ve had issues with hackers and I’m looking at alternatives for another platform. I would be fantastic if you could point me in the direction of a good platform.|

DEIXE UMA RESPOSTA

sete − 2 =