As unhas de gel vieram para ficar. Desde as extensões ao nail art, esta técnica confere às unhas um aspeto natural, flexível e forte, o que nem sempre se verifica. São ainda muitos os preconceitos que giram em torno desta técnica. Hoje vamos dar-lhe dicas e desvendar alguns mitos e verdades sobre esta técnica que é cada vez mais utilizada pelas mulheres!!

Mitos e verdades sobre as unhas de gel

Vamos começar lhe explicando o que é o gel.

É um produto que se aplica em cima das unhas naturais, promovendo um revestimento protetor no leito da unha e pode estender-se para além do limite desta, aumentando-lhe assim o comprimento (através de extensões). É um material duro, não poroso (se o for, é de má qualidade e não deve ser utilizado), que depois é limado e artisticamente trabalhado. São, por isso, uma excelente solução para quem tem unhas fracas e quebradiças, assim como para quem tem o vício de as roer.

É importante salientar que a falta de vitamina A e cálcio produz secura extrema e torna as unhas quebradiças. A falta de vitamina B causa fragilidade e fendas. A deficiência de vitamina B12 causa secura extrema, escurece as unhas e deixa-as demasiado curvadas. A deficiência de proteínas provoca manchas brancas nas unhas. A deficiência de ferro produz unhas em forma de colher e pontas levantadas.

Veja também:

Curso de Unhas Decoradas | Curso – Como se Auto Maquiar

Impressora Digital de Unhas – Aprenda a importar

Unhas Decoradas de vermelho- Uma tendência universal

Aprenda como cuidar da saúde de suas unhas

1 – As unhas de gel impedem a unha de respirar? –  MITO 

As unhas não respiram, ressecam, isso sim, com o excesso de esmalte o que não acontece com a utilização das unhas de gel. Estas são extremamente resistentes e têm um papel fortalecedor, pois protegem a unha natural à medida que vai crescendo, cada vez mais saudável.

2 – O gel favorece a formação de fungos? –  MITO 

Associada ao mito de que o gel impede as unhas de respirar, existe também a falsa crença de que esse é um fator de risco para o aparecimento de fungos. Contudo, isso só acontece se houver uma má aplicação do gel (é necessário haver uma aderência completa à unha, caso contrário, abrem-se espaços entre o gel e a unha que propicia a criação de fungos).

3 – O gel torna as unhas fracas, quebradiças e amareladas? –  MITO 

A ideia de que o gel remove camadas das unhas, deixando-as expostas e em más condições é também errada. O enfraquecimento das unhas deve-se, sobretudo, a deficiências nutricionais que indiciam, normalmente, falta de cálcio, zinco e vitaminas A, B e E, nutrientes essenciais para a constituição da unha.

4 – O gel é um material seguro? –  VERDADE 

No que respeita à segurança dos produtos, o CIR (Cosmetic Ingredient Review) garante que os géis UV são seguros para a aplicação em unhas naturais, desde que não haja contacto com a pele «para evitar o seu potencial alergizante». Tenha cuidado com promoções muito baratas, bem como se sentir um cheiro forte que pode denunciar má qualidade do gel. Esse tipo de situações pode prejudicar as suas mãos.

Esperamos que com esta matéria você tenha entendido alguns mitos e verdades sobre as unhas de gel. Tenha bastante cuidado quando for a uma profissional de unhas de gel pois a saúde das suas unhas pode estar em risco.



DEIXE UMA RESPOSTA

17 + 3 =