Câncer nos testículos
Imagem: Wikiwand/Divulgação

O câncer nos testículos merece muita atenção. Haja visto que, seus sintomas podem facilmente ser confundidos com outras doenças.

Esse é um tipo de câncer corresponde a 5% do total de casos de câncer entre os homens. Trata-se de uma doença facilmente curável quando detectada precocemente e apresenta baixo índice de mortalidade.

Apesar de pouco frequente, esse câncer preocupa já que a maior incidência é em homens em idade produtiva – entre 15 e 50 anos. Nessa fase, existe a chance de o câncer de testículo ser confundido, ou até mesmo mascarado, por orquiepididimites (inflamação dos testículos e dos epidídimos, geralmente transmitidas sexualmente. Por isso, no caso de qualquer anomalia, o ideal é procurar um médico urologista.

Bexiga, Uretra, Testículo, Próstata, Reto
Imagem: Divulgação

Diagnóstico

É comum a suspeita de câncer de testículo ser levantada durante o autoexame ou em consulta médica de rotina. Mas o exame mais importante para confirmar o diagnóstico é a ultrassonografia, o qual revelar a existência do tumor.

Testes laboratoriais de sangue para avaliar os marcadores tumorais são também importantes na fase do diagnóstico, durante e após o tratamento. Exames como a tomografia pélvica e do abdômen e os raios X são extremamente relevantes.

Prevenção

Por não se conhecer a causa desse tipo de câncer, não existem maneiras seguras de prevenir a enfermidade. A exceção são os casos de criptorquidia, que devem ser corrigidos o mais breve possível.

“No caso desse tipo específico de câncer é muito importante ficar atendo a histórico familiar, lesões e traumas na região da bolsa escrotal.  Na infância, por exemplo, é importante o exame do pediatra para verificar se ocorreu normalmente a descida dos testículos. Na fase adulta, é importante ficar atendo aos sintomas e fazer regularmente um check-up; assim, aumentando as chances de um diagnóstico precoce”, destaca o Médico especialista – Dr. Glauco Guedes.

Dr. Glauco Guedes – médico urologista – atende na cidade de Brasília, Distrito Federal. Quem quiser mais informações, ou tiver curiosidades sobre o trabalho dele, pode acompanhar o Instagram @guedes.glauco

Para mais informações:

Clínica Evoluccy – Instituto de medicina:

Unidades Asa Sul – (61) 3532-5560/ 3532-5643

Unidades Asa Norte – (61) 32638100/ 3263-8051

Veja também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × dois =