Hong Kong é, com certeza, uma das maiores e mais efervescentes regiões que existem em todo o mundo. Ali, é possível encontrar de tudo, da tradição chinesa aos mais modernos empreendimentos que também surgem em Nova York.

A cidade-estado em si é tão magnífica que o projeto de Las Vegas fica para trás, ou seja, uma cidade no ocidente voltada exclusivamente para o entretenimento, veio da necessidade que alguns milionários sentiam de estar todo o tempo vivendo as experiências que os cassinos de Hong Kong eram capazes de proporcionar. Então Las Vegas veio a existir devido o entretenimento que a cidade oriental proporciona, foi apenas um modelo copiado.

E essa é apenas uma das muitas histórias que fazem parte das ruas e avenidas. A cidade-estado é, na verdade, um distrito independente da China, tamanha é sua independência cultural e financeira, por isso o nome cidade-estado.

As duas únicas cidades que são regiões administrativas especiais, como são chamadas, na China são Hong Kong e Macau, sendo que ambas são conhecidas por sua pluralidade cultural, por seus cassinos e pelas infinitas possibilidades de entretenimento. A grande diferença para HK é que lá tudo é grande. A população é enorme. O turismo, incansável, a tecnologia, de última geração. Os trens, os teleféricos, o cinema e as feiras, são igualmente respeitosos.

O que fazer em Hong Kong

Bem na verdade, você pode fazer absolutamente tudo que quiser. Independente de o que você procure na viagem, essa cidade poderá te oferecer. Aliás, quase tudo. Se você quiser sossego, talvez seja melhor escolher outro destino. Ainda que os templos e jardins religiosos (praticamente todos budistas) não possam também trazer uma boa dose de tranquilidade e satisfação para o coração.

Os grandes shoppings são perfeitos para você fazer compras. Ali, vemos claramente aquele tipo de mercado chinês que está em nosso imaginário: pessoas gritando, abordando você no meio da rua, oferecendo produtos por preços três vezes menores do que o inicial.

E tem também a culinária. A comida chinesa servida em Hong Kong agrada muito os paladares ocidentais, desde é claro, que você não se arrisque a querer alguma coisa mais fresca, que nesse caso vai significar um animal sendo morto na sua frente e preparado para ser servido ainda meio cru em uma cumbuca rústica.

Site oficial: www.gov.hk

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here