Que a leitura é mais do que benéfica, isso todo mundo já sabe. Além de potencializar a concentração, melhorar a capacidade de raciocínio, ampliar o vocabulário e as habilidades de escrita, esse simples hábito é também uma forma rica, criativa, desafiante e instigante de entretenimento, lazer e até relaxamento. Porém, as obrigações e o corre-corre chateador de uma rotina puxada muitas vezes impedem que esses prazeres literários ocorram com mais frequência.

Se você é daqueles que gostaria de devorar mais livros no cotidiano, mas sempre se vê sem tempo e cansado, esse texto é para você! Continue lendo e confira as dicas para ler livros com mais frequência no dia a dia.

Tenha um livro na cabeceira da cama

Eis uma excelente forma de relaxar, preparar-se para uma noite tranquila de sono e, ao tempo, aumentar a sua quantidade de leitura diária: por que não guardar um livro na estante ou na mesinha ao lado da cama? Só não vá se empolgar demais, perder a hora e desbravar a madrugada em meio às palavras.

Coloque um livro dentro da bolsa

Durante o trajeto de volta para a casa no transporte público, no intervalo para o almoço da firma, na espera por atendimento no consultório médico: são muitos os pequenos momentos do dia a dia que podem ser usados para a leitura. Em vez de ficar de bobeira e mexer displicentemente no celular para gastar o tempo ocioso, por que não tirar um livro da bolsa ou mochila e começar ali mesmo a leitura? O objeto pode ser um grande companheiro nos intermináveis engarrafamento — se você estiver a bordo de um ônibus ou táxi, claro!

Frequente sebos e mergulhe de cabeça nos pockets

O precinho salgado de alguns livros muitas vezes pode assustá-lo e impedir que você tenha acesso a um determinado exemplar que tanto queria. Nos tempos de economia financeira, por que não fazer uma visita ao sebo da cidade? Ali você provavelmente encontrará encadernações mais baratas e acessíveis, dos livros de literatura aos textos teóricos para a faculdade.

Outra opções mais em conta são os pockets, vendidos em livrarias, bancas de revistas e, algumas vezes, até mesmo em supermercados. A biblioteca da cidade ou da faculdade também é uma ótima pedida — ou quem sabe as plataformas e portais online, que disponibilizam livros de domínio público em PDF gratuitamente. Explore as possibilidades até encontrar algum título que desperte interesse.

Peça indicações

Não tem nada mais instigante do que conversar com amigos e colegas sobre livros e histórias já lançadas, seja ficção, biografia, ensaios, contos e até peças de teatro. Que tal fazer disso um hábito? Sempre que possível peça indicações a conhecidos e amigos próximos — pergunte o que estão lendo, de quais autores gostam, o que descobriram de novo no mundo literário. Além de engatar um bom bate-papo e fazer florescer uma amizade, essa pode ser uma ótima maneira de aumentar o repertório e conhecer novas obras!

Reserve um tempo específico para a leitura

Faça do hábito da leitura um compromisso, assim como aquela reunião importante do trabalho, e reserve um espaço no dia para os livros. Um pouquinho de disciplina poderá ajudá-lo a desenvolver o hábito de forma que, com o passar do tempo, ele se torne cada vez mais natural e espontâneo. Por que não fazer uma experiência? Os benefícios serão inúmeros, isso é mais do que garantido.

E então? O que achou dessas dicas para ler livros? Tem outras ideias para incorporar mais o hábito da leitura no cotidiano? Compartilhe conosco suas experiências e fique de olho para mais postagens como essa.



DEIXE UMA RESPOSTA

14 + um =