Quando se fala em como importar da China, duas ideias vêm à cabeça:

1- Produtos bem abaixo do preço que conhecemos;
2- réplicas de marcas mundialmente famosas.

A verdade é que esses dois conceitos estão certos, porém, não necessariamente tudo o que é importado da China se trata de falsificação. É claro que produtos cópias existem bastante e a China é uma grande fornecedora de tais materiais, entretanto muitas marcas famosas possuem fábrica por lá, devido aos baixos custos de fabricação e mão de obra que o país oferece.

Mas quando falamos de importar produtos da China, não necessariamente precisamos estar focados em uma marca específica, já que existe uma gama de produtos que você pode adquirir que não faz diferença a marca, como pen drives, bibelôs, fantasias, bijuterias e muito mais.

Você pode economizar comprando da China independente da sua finalidade, ou seja, não importa se você quer para uso pessoal ou para fins comerciais. A economia existe e você pode aproveitar da economia seja qual for o seu propósito. Mas quais são os processos para se importar da China? Onde encontro os fornecedores certos? E os impostos, são muito altos? Essas são perguntas que você deve fazer se pretende adentrar nesse mundo, então vamos lá!

Importar da China Para Uso Pessoal

Hoje em dia, graças à internet, comprar da China de forma direta ficou muito mais fácil. Existem diversas formas de você fazer sua importação sem sair de casa. Entrar em contato e fechar negócios com fornecedores e importadores tudo online, fácil assim. Mas temos que ter em mente que apesar da facilidade que a internet proporciona, ainda sim é preciso ter os conhecimentos necessários para fazer uma importação bem sucedida, caso contrário poderá escolher os fornecedores e importadores errados, ser taxado na alfândega e no fim das contas pagar em cada produto importado o mesmo valor ou até mais caro que os praticados aqui no Brasil.

Veja também:

O que Esperar do E-commerce em 2016

Como montar uma loja virtual em 11 passos definitivos!

Quer abrir um negócio? Confira antes essas 8 dicas

Venda Massiva | Formula Negocio Online

Itens de até $ 50 dólares não costumam ser taxados pela Receita Federal, mas produtos mais caros terão uma grande chance de serem taxados se você não souber trabalhar de forma estratégica, não terá lucro nenhum.

Então antes de mais nada, faça um bom curso e aprenda todas as estratégias e macetes para importar da China com sucesso. E um curso online muito recomendado é o curso Importando com Sucesso, considerado um dos melhores e mais vendidos cursos de importação. Mas se você quer começar com um curso online mais barato, então o Como Importar da China é ótimo para iniciante.

Com o tempo, vai ficar fácil identificar os bons fornecedores e importadores e fazer sempre o melhor negócio.

Importando Para Revender

Quem pretende revender produtos importados da China tem chances de conseguir uma boa margem de lucro, devido aos preços extremamente baixos que esses itens são vendidos. Entretanto muitos fatores deverão ser analisados antes de iniciar essa empreitada. Alguns deles é ter uma lista de fornecedores confiáveis e estar por dentro de alguns processos aduaneiros para ser bem sucedido na jornada.

É importante observar que muita gente compra da China com o intuito de revender, porém o declara os produtos como sendo para uso pessoal. Dessa maneira, as chances de perder o estoque são bem grandes, além de acarretar taxas que poderiam ser evitadas.

O primeiro passo é abrir uma empresa onde seja informado à receita os produtos que serão vendidos, assim será possível conseguir o RADAR/SISCOMEX, licença necessária para se importar produtos com finalidade de venda. Após a inscrição da licença é preciso habilitá-la. Geralmente, produtos chineses estão na categoria para consumo.

Ao escolher os fornecedores, lembre-se sempre de observar detalhes que podem fazer a diferença na hora de importar, como, por exemplo, quem paga o frete, o fornecedor ou o importador.

Para saber tudo sobre como importar da China para Revender é extremamente indicado o estudo de cursos/apostilas que abordam o assunto de maneira integral. Na internet, muitos empresários de sucesso do ramo de importação comercializam seus próprios materiais de estudos com base em suas experiências e conhecimentos.

Acesse um desses cursos para ter conhecimento de todas as etapas necessárias para iniciar, conhecer os processos e termos aduaneiros que envolvem importação e até mesmo listas de fornecedores confiáveis para começar com o pé direito.

O que achou das informações e dica? Está faltando algo? Então diga nos comentários abaixo o que você acha que podemos falar mais sobre importação.



2 COMENTÁRIOS

  1. Que tal ter acesso a mais de 450 fornecedores com milhares de produtos com preços especiais para revenda?

    Trabalho a mais de 5 anos no ramo e listei os mais tradicionais e confiantes fornecedores do mercado para agilizar sua pesquisa de mercado.

    Nosso link:

DEIXE UMA RESPOSTA

4 + 2 =