A importação de um leque de produtos tem aumentado com o decorrer dos anos. Com o avanço da internet, todas as lojas virtuais podem ser acessadas apenas com o clique no computador. A logística melhorou consideravelmente e, com isso, qualquer produto de qualquer parte do mundo pode chegar às suas mãos em um tempo relativamente curto.

Desde uma caneta esferográfica até os mais completos e avançados smartphones, praticamente tudo que existe no nosso dia a dia tem, pelo menos, algum elemento fabricado na China. O país tem se destacado por ser uma grande potência industrial que produz em larga escala e com um preço realmente baixo.

Com uma baixa lucratividade, a China aumentou muito as exportações para diversos países do mundo, ampliando suas vendas para o varejo internacional, além de entregar qualquer produto em qualquer parte do planeta e, ainda, na maioria das vezes, com frete grátis. Essa somatória de fatores resulta em um preço muito menor do que o item nacional. Conheça esse artigo que ensina como importar da China.

Veja também:

Importar e Revender no Brasil é o melhor negócio!

Aprenda a importar produtos dos Estados Unidos para seu uso pessoal ou para revender

Como montar um negócio na internet

Como montar uma loja virtual em 11 passos definitivos!

Taxa alfandegária

De acordo com a legislação brasileira, qualquer pessoa física não precisa pagar nenhum imposto se receber encomendas internacionais de até 50 dólares americanos. Se tratando de produtos chineses, é surpreendente quanto que se pode comprar com esse valor. Se o valor da encomenda exceder essa quantia, os produtos estarão sujeitos a uma taxa alfandegária de 60% de imposto da diferença do valor do item confeccionado pelas indústrias nacionais com o mesmo importado de qualquer país do mundo.

Taxa alfandegária

Esse processo é realizado por amostragem devido à alta carga de produtos vindo de diversos destinos. Em média, um a cada 50 pacotes é aberto para vistoria pelas autoridades governamentais. Alguns fatores são levados em conta, por exemplo, quando o pacote contém algum eletrônico que foram identificados pelos raios-X dos órgãos fiscalizadores. No caso da China, por exemplo, a chance de uma encomenda proveniente desse país ser sobretaxada é realmente pequena.

Mesmo assim, já se ouviu muito a respeito de produtos adquiridos pela internet. Alguns viram mitos urbanos. Dizem por aí que itens enviados como presentes “dobram” a alfândega. O que é um grande “blá blá blá” – os impostos são cobrados do mesmo jeito. E você pode comprar 50 canetas de um dólar: não importa a quantidade de produtos, se o valor não exceder U$ 50,00, o imposto não será cobrado. Já os lotes de importações são contra as leis estabelecidas pela Receita Federal. O que pesa na hora de passar na alfândega é a fiscalização em si. Se for fiscalizada, tributou. O que não é fiscalizado passa batido.

Fretes de importação

Outra dica importante dada pelos especialistas: depois de ter escolhido o que você quer comprar e as condições do vendedor ou do site, é importante ficar de olho no frete. Existem sites que não cobram pelo serviço, mas a maioria utiliza transportadores e as taxas chegam a ser realmente desanimadoras. É bom sempre pesquisar sobre essas taxas com cuidado.

Cursos online para aprender a importar

Existem alguns sites que podem ajudar na hora de importar produtos, e que servem como um verdadeiro intermediário entre você e as lojas nos Estados Unidos, por exemplo. É uma comodidade extra para quem importa bens individuais. Todos esses serviços contam com um sistema facilitador para ajudar nas importações.

Importando com Sucesso

E um curso online Incrível é do Larissa Dobler, uma especialista em importações de diversos produtos que irá te ensinar todo o processo de importação, taxas aduaneiras e até como revender aqui no Brasil. Acesse e confira o curso.

 

 

 

Vamos começar agora a planejar suas importações. Faça um curso online, aprenda tudo sobre importação e começa agora a importar como pessoa física para seu uso pessoal ou jurídica para revender no Brasil e lucrar alto. Diga nos comentários abaixo qual a sua dúvida e nos acompanhe no Facebook.

Publicidade

montar um negócio na internet



3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

10 + 6 =