Dez instrumentos diferentes que fascinam o mundo musical
Dez instrumentos diferentes que fascinam o mundo musical

A música tem o poder de elevar a alma da pessoa. Não há quem não gosta de ouvir suas canções preferidas em qualquer situação. Independente da melodia, do gênero e do cantor, sempre existe algo tocando nas rádios e aparelhos em todos os lugares. No entanto, uma composição não é feita apenas de letra e instrumento tradicionais que compõe cada detalhe da sonoridade. Existem instrumentos diferentes, aliás, alguns bem diferentes para não dizer estranhos, mas que também provocam sons agradáveis para os nossos ouvidos.

É muito comum encontrarmos aparelhos diferenciados sendo tocados para compor cada nota. Dessa forma, existem alguns que são desconhecidos, mas que agregam valor ao som quando são incrementados na melodia. Por isso, hoje, vamos listar 10 instrumentos diferentes que possuem o dom de atrair ainda mais admiradores.

Veja também:

Instrumentos diferentes ao redor do mundo:

Dentre os instrumentos diferentes e estranhos, destacam-se:

1- Contrabaixo Balalaika:

Para quem não conhece, o contrabaixo balalaika foi criado no final do século XVII e tem origem russa. Apesar de ter o nome de contrabaixo, diferente do tradicional, este possui um formato triangular. Ele pode ser tocado com os dedos ou palheta.

2- Violão Picasso:

Como o próprio nome sugere, este instrumento recebeu esta nomenclatura derivada das obras de Pablo Picasso (famoso pintor espanhol). Seu formato foi constituindo por Manzer e é, basicamente, uma mistura sonora da harpa e do violão clássico. Possui quatro braços e um total de quarenta e duas cordas. Ótimo para quem já é especialista no violão tradicional.

3- Címbalo Húngaro:

O címbalo húngaro é tocado com baquetas e muito comum no seu país de origem. Possui um formato trapezoidal com cordas que se estendem ao longo do corpo.

4- Harmônica de vidro:

No Brasil, este instrumento é conhecido como Gaita de Vidro, isso, porque ele é composto por um conjunto de taças de vidro semiesféricas, e possuem vários tamanhos, praticamente, acopladas uma dentro da outra, respeitando o tamanho de cada uma delas. Essas taças ficam em um eixo e imersas na água. Para tocar, basta pisar em um pedal que faz com que as elas girem no eixo, assim, os dedos devem ser usados para friccionar as bordas umedecidas.

5- Berimbau de Boca:

O berimbau de boca talvez seja o instrumento mais antigo do mundo. Acredita-se que ele foi constituindo no século IV. Ele possui uma “língua” flexível ligada à estrutura. Ela é colocada na boca do músico e com os dedos ele dedilha formando as notas.

6- Harpa de roda:

Este instrumento é, praticamente, um teclado que controla 61 cordas. Isso permite que a pessoa consiga reproduzir sons de vários instrumentos em um único aparelho simultaneamente.

7- Lur:

O Lur é um aparelho especial por ser o único da lista de origem Viking. Ele existe desde a época medieval e é um instrumento de sopro feito de madeira. Os mais recentes são curvos e de bronze.

8- Zeusaphone:

O nome é inspirado no deus grego Zeus. Isso devido ao fato de que seu som é produzido através choques elétricos emitidos pelas bobinas de Tesla, lembrando, assim, o poder de raios do deus mitológico. É um instrumento bastante inspirador e inovador que atrai diversos curiosos ao redor do mundo.

9- Instrumento de PVC:

Engana-se quem não acredita em reciclagem instrumental, pois este aparelho é composto por dezenas de canos de PVC. Apesar de ser algo fascinante e respeitado, tocá-lo não é tão simples quanto parece, exigindo assim, muita experiência do músico.

10- Didgeridoo:

É um aparelho de sopro criado no norte da Austrália pelo povo aborígine. Um instrumento em que o som é criado pela vibração do ar provocado pela boca. É considerado um dos “aerophones” mais antigos do mundo, tendo, aproximadamente, quarenta mil anos, hoje, ele faz parte de diversas composições, incluindo canções brasileiras.

Apesar de terem sido citados dez instrumentos diferentes, existem outros que não estão na lista. Porém, o objetivo deste artigo é mostrar alguns desde fantásticos aparelhos que, atualmente estão sendo agregados às músicas brasileiras.

São produtos que estão, há milhares de anos, rodando pelo mundo, mas que poucas pessoas conhecem e sabem tocar. Por isso, é importante entender e aprender que, apesar da diversidade instrumental e musical, ainda existem aqueles que ficam escondidos dos olhos da população e que devem ser mostrados para que a cultura e a musicalidade não sejam perdidas e se tornem cada vez mais amplas, alcançando os quatro cantos do mundo.

Legal, não é? Qual instrumento você mais gostou? Você conhece mais algum instrumento diferente? Conte para nós nos comentários abaixo. E cadastre seu email logo abaixo para receber mais dicas, informações e curiosidades como essa.

betmotion - Video BinGO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here