O Brasil é um país muito diversificado culturalmente, principalmente em relação à musicalidade. Por isso, hoje vamos falar de uma banda de reggae Natiruts que conquistou seu espaço na música e nos corações dos brasileiros.

Natiruts:

A banda Natiruts surgiu no ano de 1996 em Brasília e, inicialmente carregava ao nome de Nativus. É um conjunto que tem como objetivo defender o reggae, mas incorporando, ao longo de sua carreira, estilos brasileiros e outras melodias, tendo forte influência dos estilos Delays e Reverbs, surgida na Jamaica nos anos 70. Hoje, possui uma grande agência de show, tornando-se uma das maiores banda de reggae pop brasileiro da atualidade.

Início da carreira:

Natiruts é uma banda de reggae formada em Brasília no ano de 1996 por Alexandre Carlo que, na época, era estudante universitário.  A música era um instrumento para fugir da realidade e da situação brasileira. Ele fazia composições no estilo que mais lhe agradava, o reggae. No começou Alexandre não tinha grandes pretensões até que, em 1994, ele convidou seus companheiros de futebol, Luís Mauricio e Bruno Dourado, para montarem uma banda.

Veja também:

Músicas mais ouvidas do mundo – Top 10

Festival Música do Mundo: Uma festa que balança o interior de Minas

Tribalistas: O trio musical que durou apenas um álbum

O mercado de música no Brasil para quem toca bateria

Inicialmente o grupo se chamava Nativus e a primeira apresentação acontece no dia 29 de março de 1996, na casa de um amigo de infância de Luís e Bruno. Neste mesmo dia, surgiu mais um integrante, o guitarrista André Carneiro.  Dias mais tarde o conjunto ganhou uma backing vocal, a cantora Izabella Rocha.

Após alguns shows, André resolveu deixar a banda, dando lugar a Kiko Peres. A primeira “demo” ocorreu ainda na época das fitas cassetes. Alguns shows aconteceram e a banda já estava pronta para gravar seu primeiro CD, tendo como produtor e participante especial, Tom Capone.

Mudança de nome:

O nome da banda foi alterado em 1999, após um grupo gaúcho processar o conjunto por usarem o mesmo nome. Quando ainda se chamava Nativus, eles venderam 40 mil discos independentes até ser contratados pela EMI.

Próximos anos:

O segundo disco foi produzido por Liminha e, assim como o grande ídolo do reggae Bob Marley, as mensagens musicais possuem forte teor político, no entanto, também é possível verificar letras mais poéticas e românticas.  O terceiro álbum traz a participação de Rodolfo, ex-vocalista da banda Raimundos. Em 2002 eles gravaram o quarto álbum da banda, marcando a saída de Kiko.

Em 2005, a banda ressurgir com uma grande novidade. O novo disco, produzido pelo próprio Alexandre, tem uma aproximação com o Dub, uma versão mais psicodélica do reggae. Em 2007 mais dois integrantes deixam a banda, encerrando suas participações com o lançamento do CD/DVD Natiruts Reggae Power, desta vez foram Izabella e Bruno. Além disso, este CD teve o objetivo de reafirmar a cultura do reggae no cenário brasileiro e comemorar os 10 anos da banda. O DVD acústico gravado no Rio de Janeiro ocorreu em 2012. O álbum foi indicado ao prêmio Grammy Latino de 2013.

No ano de 2014, o Natiruts gravou seu quarto álbum ao vivo na Fundação Progresso, no Rio de Janeiro. O show aconteceu no final de janeiro durante o verão da cidade maravilhosa e conta com grandes sucessos da banda e regravações de canções de outros grupos famosos como: Legião Urbana, Charlie Brow Jr. e Paralamas do sucesso.

Atualidade:                                                                     

Neste ano de 2015, mais precisamente no mês de janeiro, o grupo iniciou o novo ano com o lançamento de um DVD histórico: “Clássicos Reggae Brasil”, gravado em Salvador, Bahia. Este DVD conseguiu unir diversos nomes do reggae brasileiro e da música pop, interpretando hits do estilo musical. Dessa forma, o DVD teve a participação de Edu Ribeiro, Armandinho, Maskavo, Chimarruts, Planta e Raiz, Ponto de Equilibrio e Cidade Negra, além de outros cantores como: Ivete Sangalo, Saulo Fernandes e Gilberto Gil.

A intenção é levantar a bandeira da união entre diversas tribos e etnias nacionais com o objetivo de ergue o respeito ao som jamaicano, o reggae. Dessa forma, eles mostraram composições brasileiras de várias épocas, contando com o apoio dos músicos convidados.

Certamente foi um show que conquistou mais adeptos ao estilo musical, abrindo a mente da população em relação à cultura brasileira, assim como a cultura do gênero.

Veja o site do Natiruts

E você é fã de Natiruts e curte reggae? Então diga nos comentários uma música que você curte. E deixe seu email logo abaixo para receber mais informações sobre o mundo da música.

curso de bateria online - bruno graveto



DEIXE UMA RESPOSTA

7 − 4 =