Início Saúde e Fitness Saúde Braquioplastia: saiba mais sobre a cirurgia de remoção do excesso de pele...

Braquioplastia: saiba mais sobre a cirurgia de remoção do excesso de pele do braço

Esse procedimento vai deixar o seu braço firme e livre da flacidez

Braquioplastia - cirurgia de remoção do excesso de pele do braço
IMAGEM: Alena1919/Depositphotos

O excesso de pele em algumas regiões do corpo é uma condição que afeta muitas pessoas. Isso afeta principalmente pessoas que passaram por uma perda de peso muito grande. Assim a gordura é eliminada do corpo e a pele permanece.

Quem já teve que passar por um regime sabe o quanto é difícil perder peso, isso pelas restrições na alimentação ou mesmo pelos exercícios e atividades físicas que são necessários para eliminar aquela gordura indesejada. Isso é um processo longo e sofrido.

Agora imagine que, após perder todo peso necessário, a pessoa apresente excesso de pele. Isso pode ser uma condição frustrante para muitas pessoas, que tem sua autoestima reduzida e com uma insatisfação grande por conta dessa condição.

O excesso de pele também é provocado pelo envelhecimento natural do nosso corpo. Com o tempo a pele vai perdendo a sua elasticidade e firmeza, que é causada pela perda das proteínas elastina e colágeno da nossa pele. Isso deixa a pele esticada e flácida.

Graças aos avanços da área estética é possível remover esse excesso de pele tão incômodo. Um dos locais em que pode ser realizado é no braço, sendo chamado de braquioplastia.

Ficou interessado em conhecer mais sobre esse procedimento estético que faz um lifting de braço? Para saber tudo sobre ele leia o nosso artigo e tire todas as suas dúvidas.

O que é e como é feita a braquioplastia?

A cirurgia de braquioplastia é capaz de remover o excesso de pele e gordura da região do braço. Ela remove principalmente da região do tríceps, a famosa pele flácida do “tchauzinho”. Para complementar este procedimento pode ainda ser feita uma lipoaspiração ou abdominoplastia.

Ela é realizada com uma anestesia local com sedação ou uma anestesia geral. A escolha deve ser feita juntamente com o médico, geralmente a anestesia geral é utilizada quando o procedimento é feito combinado com outros procedimentos, como abdominoplastia.

Após a anestesia é feito o reposicionamento da pele do braço através da sua remoção, o que leva a eliminação da flacidez. É feita uma incisão na região da axila, que se estende até a parte interna do braço.

Braquioplastia - eliminação da flacidez do braço
IMAGEM: shutterstock.com

Após a incisão, é feita a remoção da pele que está em excesso e, então, é realizado o seu remodelamento, o que promove um contorno mais adequado. Caso a flacidez seja em um grau menor,  a cicatriz se localiza apenas na axila, em casos maiores, ela se estende ao braço.

Todo esse procedimento é realizado em torno de duas horas e se associado a outro procedimento, como a lipoaspiração, pode levar até 3 horas. A lipoaspiração é uma cirurgia plástica capaz de remover a gordura localizada, para deixar o corpo com uma melhor forma e mais acinturado. Ela é uma das cirurgias mais conhecidas e realizadas.

Sua vantagem é eliminar a gordura rapidamente, principalmente na região da coxa, abdômen, braços e queixo. São introduzidas cânulas na pele até chegar ao tecido adiposo, onde a gordura é aspirada através de um sistema à vácuo. As regiões em que a cânula é colocada varia de acordo com a gordura localizada e com a técnica do cirurgião plástico.

O resultado aparece rápido e o tempo de recuperação dura 1 mês. Os resultados finais são obtidos em 3 meses, com um contorno corporal mais adequado, remove a flacidez e deixa com um aspecto firme, o que recupera a beleza da região.

Para quem é indicado esse procedimento?

Essa cirurgia plástica é indicada nos casos em que a pessoa teve uma perda de peso muito acentuada, o que provoca o excesso de pele. Esses são os casos de quem fez um regime ou uma cirurgia pós-bariátrica. A cirurgia é indicada somente em graus severos e que incomode muito o paciente, pois a cicatriz pode ser grande, em casos do paciente apresentar cicatrização queloide o médico deve ser consultado.

Riscos e contraindicações desse procedimento cirúrgico

Para realizar esse procedimento, a pessoa deve ter um bom excesso de pele na região do braço.

O paciente deve estar em boas condições de saúde, em casos de processos inflamatórios e infecções ela não deve ser realizada. Faça o tratamento dessas condições para realizar a cirurgia.

Indivíduos que tem problemas de coagulação, possuem doenças crônicas como hipertensão e tem diabetes não devem fazer o procedimento. Pessoas que possuem doenças autoimunes, como psoríase e lúpus eritematoso sistêmico devem evitar o procedimento, nesses casos é ideal buscar orientação médica quanto aos riscos de se fazer uma cirurgia.

Indivíduos fumantes são considerados um grupo de risco em qualquer cirurgia, portanto deve receber orientação médica.

O risco mais comum desse procedimento são infecções e casos de cicatrização queloide.

Quais cuidados tomar após a sua realização?

Para que o procedimento alcance um resultado satisfatório é necessário seguir algumas recomendações.

É preciso utilizar uma malha compressora no primeiro mês após a sua realização.

Um dos problemas mais comuns que envolvem essa cirurgia é a sua cicatrização, devido à espessura do braço muito fina. Para produzir uma cicatrização melhor é preciso evitar a exposição ao Sol. Utilizar sempre protetor solar acima do fator 30 e vestir roupas que minimizem o contato com a luz ultravioleta.

Evite mexer muito o braço no pós operatório para ter uma correta cicatrização, por conta disso, o paciente não deve levantar o braço nos primeiros 21 dias. Além disso, exercícios físicos ou atividades que gerem esforço devem ser evitados por um período de 30 dias após a sua realização.

Caso haja uma cicatrização queloide, existem procedimentos estéticos que podem amenizar a sua aparência. Alguns exemplos são a realização de peeling e tratamento com laser.

Pode ser feita uma drenagem linfática no local, a fim de diminuir o edema causado na região da cirurgia.

Após a completa recuperação é importante fortalecer a musculatura da região do braço e antebraço.

Gostou desse procedimento que vai conferir um novo visual ao seu corpo? Diga nos comentários o que achou desse procedimento! Para mais artigos como este não deixa de seguir a nossa página.

Veja também:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here