Conhecer a cidade do Cairo é emergir de forma profunda nas histórias dos faraós e riquezas de todo o país. Conhecida como “Mãe de todas as cidades”, ela é a 13ª metrópole com maior concentração populacional do mundo.

Localizada nas margens do Nilo, Cairo foi fundado 116 a.C e é a atual capital do Egito e da Província de Cairo. É uma das cidades turísticas mais procuradas pelos turistas que visitam o continente africano. Além de já ter sido palco de uma grande e antiga fortaleza erguida pelos romanos, quando Mênfis ainda era a capital do Império Faraônico.

A história nos seus olhos

Uma das mais conhecidas pirâmides do mundo está localizada em Cairo. A Pirâmide de Gizé fica logo atrás da Esfinge que leva o mesmo nome. Foi construída há milhares de anos com blocos de granito e calcário para servir como tumba para o Faraó Quéops, um cruel e impiedoso faraó da Quarta Dinastia, que reinou de 2.551 a 2.528 a.C. Com mais de 146 metros de altura e a cerca de 15 quilômetros da capital, ela é considerada uma das maravilhas já construídas pelo homem.

Para quem quiser saber mais das histórias dos faraós, o Museu do Cairo é parada obrigatória. Lá ficam expostos os tesouros do Antigo Egito, como o do faraó Tutankamon, assim como as esculturas e sarcófagos de alguns imperadores, além das gigantes estátuas de Amenothep III e da rainha Tie. O museu ainda conta com um jardim de epígrafes e esculturas antigas e fica localizado na praça de al Tahir, bem próximo as águas do Nilo.

Para quem quer conhecer as histórias dos perfumes e fragrâncias do mundo, a El Omda é o lugar adequado, sendo a mais antiga do Egito. A loja é de propriedade de uma família de beduínos e possui os extratos dos perfumes mais apreciados em todo o mundo.

Outra relíquia encontrada pelas ruas do Cairo são as antigas e aconchegantes lojas de Papiros. Na cidade, a mais conhecida é a Merit Papyrus Institute. No local é possível ver a produção do papiro (da medula da planta que leva o mesmo nome) e ainda comprar uma lembrança para levar para casa. Nos papiros expostos, cores vibrantes e temas que vão dos históricos aos religiosos.

O turismo em Cairo vai além do Egito antigo

A cidade ainda possui a Casa de Ópera. Ela é um centro cultural que serve como residência permanente para a Orquestra Sinfônica e conta com mais de 1.000 assentos para apresentações musicais.

A Torre do Cairo é onipotente e moderna, construída com concreto, tem mais de 180 metros de altura e tem a forma de uma Flor de Lótus, símbolo do país. Lá é possível fazer uma deliciosa refeição em um restaurante rotativo que proporciona uma visão fantástica da cidade por mais de uma hora.

O Cairo Islâmico, herança da Era Medieval ainda abriga as mesquitas Al-Azhar, Ibn Tulun e o Mausoléu de Imam ash-Shafi’i, considerado o maior túmulo islâmico do mundo.

Site oficial: www.cairo.gov.eg

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here