Viajar para a Polônia pode não ser prioridade de muitos turistas, mas as cidades históricas que o país possui podem encantar pelos monumentos e pelas inúmeras atividades oferecidas. Um desses lugares que merece uma atenção especial é a Cracóvia, que por anos foi a capital do país.

Hoje, com mais de 800 mil habitantes, essa é a segunda cidade mais populosa, e está localizada no Voivodato de Pequena Polônia (Małopolska), às margens do rio Vístula. Por ser uma cidade muito antiga, é importante tanto culturalmente quanto politicamente para a Polônia.

São mais de mil anos de história, sendo uma das únicas cidades que escapou ilesa dos bombardeios da Segunda Guerra Mundial. Apesar disso, a Cracóvia foi capital nazista durante o combate e viveu alguns episódios trágicos.

Apesar dos anos de violência, a cidade não se abateu e hoje é uma das principais cidades do país, sendo essencialmente estudantil. São 200 mil colegiais, com 15 escolas superiores. Detalhe que o ensino é gratuito até a conclusão da faculdade. Lá está uma das cinco universidades mais antigas do mundo.

O que visitar em Cracóvia

Alguns pontos turísticos são obrigatórios, como a praça do mercado, conhecida como Rynek, Patrimônio Histórico Cultural da Humanidade, tombado pela Unesco. Ali se encontram diversas tendas de flores, artesanato e comidas típicas locais. É ainda nessa praça que está a Prefeitura da cidade, uma verdadeira relíquia arquitetônica e o Castelo Wawel.

Outra atração incrível da cidade são as inúmeras igrejas, que em poucas quadras dá uma aula sobre a Igreja Católica. Mas cristãos não são únicos na cidade, tomada também por muitos judeus, que sofreram com o Holocausto.

Cracóvia é uma cidade muito visitada por estar bem perto de Auschwitz, onde ainda estão restos do principal campo de concentração da Segunda Guerra Mundial. Outro lugar bem perto de lá e muito requisitado pelos turistas é Wieliczka, uma cidade tranquila que abriga a Mina de Sal de Wieliczka. O passeio é curto e mostra uma mina de sal construída no século 17 além de várias câmaras subterrâneas. As esculturas feitas de sal impressionam qualquer um.

Mas também não deixe de aproveitar a gastronomia típica do local, como o zapiekanka, uma baguete aberta torrada com queijo e cogumelos. Ou quem sabe os famosos pierogi, que são pasteis cozidos recheados com ricota ou cottage. E claro, há vários lugares ótimos para degustar as centenas de vodkas.

Site oficial: www.krakow.pl

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here