É difícil falar de Austrália e não pensar em Sydney. E essa associação direta não é à toa: é a mais populosa cidade da Austrália, banhada em uma grande parte pelo mar e ainda foi eleita para guardar algumas das principais atrações turísticas do país.

Quem vê a cidade pela primeira vez, percebe que ela é uma daquelas que você vai entrar e não querer mais sair. É claro que isso não é regra, mas por outro lado, é praticamente impossível você não encontrar alguma coisa que seja do seu interesse, tamanha é a diversidade e a miscigenação dessa cidade.

Localizada na costa leste da Austrália, Sydney é a porta de entrada do mundo para o país. E ao contrário do que muita gente pensa, ela não é a capital da Austrália, é apenas a capital do estado de Nova Gales do Sul, e já para deixar bem claro, a capital da Austrália é Camberra.

O que fazer em Sydney?

Basicamente, ao estar na região, você pode (e deve) passear muito. Os pontos turísticos são tantos que recomendamos pelo menos uns 10 dias para você ter tempo de conhecer tudo.

Por ser uma cidade portuária e a Austrália ser um lugar com muito incentivo para que estrangeiros morem por lá, Sydney acabou se tornando um lugar com pessoas do mundo todo, sendo que a cidade acaba tendo uma identidade única, capaz de unificar toda essa miscigenação cultural em um só porto.

Alguns lugares você vai ver já ao chegar, porém, ainda assim vale a pena dedicar um tempo para conhecer cada um dos lugares da cidade. Entre os pontos principais, podemos destacar:

– Sydney Harbour – O porto da cidade, onde se aglomera o maior centro urbano de Sidney. Parada obrigatória para conhecer.
– Sydney Opera House – A sua arquitetura orgânica é talvez o maior ponto turístico da cidade. Não por menos, um lugar que você precisa visitar também.
– Parque Olímpico – O local onde foram realizadas as Olimpíadas de 2000. Um lugar de arquitetura fantástica e impressionante.

Site oficial da cidade: www.cityofsydney.nsw.gov.au

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here