Como escolher as cores certas para as paredes da sua casa
Imagem: BrunoWeltmann/Depositphotos

Quando você decide fazer remodelações de interiores ou reformas em casa, significa na maior parte das vezes, realizar uma pintura nova nas paredes dos espaços. Nestes trabalhos de remodelações, você não precisa de licenciamento de construção.

Na pintura de interiores, é importante, por um lado antever o tipo de tinta a utilizar, por outro, a escolha das cores certas.

Por isso antes de avançar com esta fase tão importante da reforma, é necessário projetar e planear o local, para que o equilíbrio entre as cores e as texturas seja garantido e o sucesso da decoração não seja comprometido pela qualidade e pela cor da tinta escolhida.

As cores trazem personalidade e estilo para os seus espaços, além de despertar sensações, que consoante os vários tons que deseja enaltecer em cada divisão, como possam ser de tranquilidade, conforto, sofisticação, serenidade entre outras.

Torna-se difícil escolher entre tantas opções de cores de tintas disponíveis no mercado. Aqui o apoio de um profissional é de extrema importância. Ele saberá informar e aconselhar quais são os melhores tons para cada ambiente, sabendo ainda que a conjugação desta escolha casa na perfeição com a decoração dos espaços.

Tipos de tinta para interiores

As tintas podem ser de base aquosa ou de base de solvente. A aquosa determina que é diluída em água e as solventes podem ter base sintética, epóxi, poliuretano, etc.

Tinta verde - lata de tinta - pincel
Imagem: Unsplash

Base aquosa vinílica

São tintas com baixa resistência às intempéries, uma gama básica tinta de base aquosa, recomendadas para tetos e paredes internas. Tem apenas acabamento fosco e pode ser usada em madeira, alvenaria e gesso. Uma das opções mais econômicas.

Base aquosa acrílicas

As tintas acrílicas podem ser utilizadas em ambientes externos. Usadas normalmente para pintar todas as superfícies, uma vez que garantem uma acabamento de alta qualidade. Portanto, no interior são uma excelente opção.

Cores para a sala

Em ambientes de espaços sociais como são as salas, a escolha das cores para sala de estar e jantar é importante, pois é nessa atmosfera que recebemos fazemos os convívios com a família e os amigos. Igualmente importante é que as cores devem combinar com a mobília e com a decoração.

A sua casa é o seu reflexo e, por isso, só pode ter as suas cores, ou seja transmitir a sua maneira de estar na vida. Daí o que pode ser bom para alguém pode não ser exatamente para outros.

Muitos tons neutros, cores mais clássicas como pastel de bege, cinzas, brancos, cremes, marfim, magnólia, baunilhas, natas, pêssego ou champanhe, são tons de muito usados em espaços de sala, sendo  pano de fundo para muitos mobiliários em cor de madeira envernizada.

Cores como lavanda, lilás, amora, céu, telha, jade, argila, fungo, chá verde, são cores mais animadas e fortes que podem dinamizar espaços que conforme o seu estilo invocam para lugares e memórias.

Recomendamos que evite tons escuros, porque podem prejudicar a iluminação e trazer um aspeto pesado ao ambiente.

Cores para o quarto

Cores estimulantes nos quartos é normalmente de afastar, sobretudo a conjugação de várias cores fortes no mesmo compartimento.

Contudo, se a ideia é dar um tom mais rústico, pode usar tons mais escuros, desde que acautele o equilíbrio do estilo com  a decoração.

Nos quartos normalmente procura-se tranquilidade para o descanso, logo a aposta em tons mais claros, que irradiam a luz natural será uma boa ideia.  Serão os chamados neutros sofisticados que lhe conferiram elegância ao espaço e deixarão destacar os elementos decorativos.

Para ajudar na escolha de tons deixo o link para inspiração de cores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui