Visitar a China é como mergulhar em um mar de histórias e conhecimentos milenares. Por lá, cada um tem uma energia, principalmente, na mágica Xiamen, uma pequena cidade da província de Fujian. Declarada, em 2008, como Patrimônio da Humanidade pela Unesco, localiza-se na região montanhosa do sudoeste da província e já foi a maior rota de exportação de chá do país no século XIX.

O belíssimo litoral de Xiamen

Com um litoral vasto e tranquilo, é possível trafegar pela Gulang Huandao Road, uma estrada bem conservada, que pode ser percorrida calmamente de carro ou bicicleta.

Durante o trajeto, é provável que você pare para tomar um revigorante banho de mar no oceano Pacífico ou apenas fique relaxado ouvindo o barulho, quase hipnótico, das ondas batendo.

Aliás, a região litorânea é repleta de estudantes. Isso porque a cidade possui o centro universitário de Xiamen. Assim sendo possível fazer uma longa caminhada no Campus. Afinal, não é todo o dia que conseguimos admirar uma das instituições de ensino mais antigas da China.

No período da noite, é possível passear pela praia que fica próxima a entrada da universidade. As visitas são restritas entre as 13 h e 17 h.

Antiguidades e tranquilidade

E não apenas de um belo litoral que vive o turismo em Xiamen, como também de antiguidades históricas. A cidade possui dezenas de galerias de arte, além de diversas lojas repletas do mais antigo e bonito trabalho chinês em cerâmica e contas.

Ao proposito de conhecer um pouco mais da cultura local, vá descobrir toda a espiritualidade budista no Templo Nan Pu Tuo uma verdadeira imersão nos ensinamentos de Buda. Afinal, o local possui 28 estátuas esculpidas em jade e vários escritos budistas escritos tanto em chinês, como outras línguas.

Além disso, não esqueça de interagir com os monges cegos, que atendem aos turistas e moradores com simpatia e humildade.

Veja também:

Logo após a viagem cultural budista, conheça os lindos parques e cafés. Por ela região, é possível apreciar a calmaria chinesa, ler um bom livro ou apenas relaxar ao ar livre.

Por fim, para quem procura um oásis na terra, a pequena ilha de Gulangyu é o destino recomendado. Ela está situada cerca de quinhentos metros da costa de Xiamen, onde os carros não são bem-vindos, assim que, os únicos automóveis presentes são o do corpo de bombeiros, polícia e ambulância. Por isso, se prepare para andar a pé nos quase 1,8 km² de área.

Surpreendentemente para quem visita o local, em Gulangyu é possível observar as mais belas edifícios coloniais do século XIX. Além disso, a região também é um passeio romântico para os apaixonados. Se acaso você for um amante de boa música, é interessante passar pelo Museu do Piano que fica localizado na ilha de pouco mais de 20 mil habitantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here