Perder a gordura abdominal que se encontra localizada na zona da barriga pode ser um verdadeiro inferno. Mas isto acontece sobretudo porque as pessoas acham que basta fazer umas centenas (ou milhares, ou milhões) de abdominais tradicionais (os crunches, o exercício para o abdominal mais comum) para ficarem sem barriga. Resultado: pouco, ou nada, acontece, e você não consegue chapar a sua barriga.

Este exercício além de ser pouco eficaz, aumenta o risco de contrair ou agravar problemas de coluna, daí ser necessário ter um grande cuidado quando realizar atividades sem supervisão de um instrutor.

Saiba como não acumular a famosa gordura abdominal

Obviamente que só estes truques não lhe vão chapar a barriga, mas podem ajudar e isso é o mais importante.

1 – Sono

O ser humano armazena gordura nos vários locais do corpo de acordo com o funcionamento hormonal. A melatonina, hormona que regula o sono e o nosso ciclo circadiano, pode ser considerada como o maestro da nossa orquestra hormonal. O que é que isto significa? Que quando esta hormona não está  regulada, ficamos com mais fome e comemos mais. Por isso, dormir bem é um fator fundamental para a regulação hormonal e para a boa forma física. Além de que dormir entre 7 a 8 horas todos os dias, vai fazê-lo sentir-se relaxado e com menor propensão a comer, logo vai também influenciar na perda de gordura abdominal.

2 – Alimentação

Não é uma grande surpresa, mas a realidade é que uma alimentação equilibrada e limpa é um dos pilares fundamentais para evitar a acumulação de gordura abdominal. Uma alimentação processada e o consumo excessivo de açúcar promovem distúrbios no metabolismo, nomeadamente na sensibilidade à insulina, hormona que regula o uso de nutrientes energéticos como combustíveis.

A segregação excessiva de insulina acontece sempre que consumimos alimentos processados ricos em açúcar. Para que o corpo utilize mais os açúcares e gorduras “como combustível” é importante baixar a carga glicémica, isto é, deve cortar o açúcar da nossa alimentação.

Veja também:

7 dicas para riscar o açúcar da sua dieta e cortar muitas calorias

3 – Exposição solar

Este é talvez o fator mais surpreendente. A exposição solar interfere com a nossa gordura abdominal já que permite produzir vitamina D, que atua em inúmeros tecidos do nosso sistema biológico. A vitamina D é como uma pro-hormona,  reguladora e absolutamente fundamental, para garantir uma boa massa óssea, proteção contra infeções, efeito antidepressivo, efeito anticancerígeno, e ainda uma boa composição corporal com menores níveis de gordura no organismo.

Quem tem menos vitamina D deve fazer uma reposição deste micronutriente através de suplementação e garantir exposição solar.

4 – Estresse

Já lhe tínhamos falado sobre a relação entre o estresse e a gordura. O que acontece é que quando estamos sob muita pressão, estamos a induzir a produção de hormonas de estresse pelas glândulas suprarrenais, e a hiperprodução destas hormonas propicia o armazenamento de gordura abdominal

Com a ajuda de médicos, é possível despistar-se esta situação e tomar medidas para não agravar o problema, prevenindo consequências graves como a fadiga adrenal severa, comummente conhecida como burnout ou esgotamento.

Veja também:

8 alimentos que ajudam a combater o estresse

5 – Exercício Físico

Pode perder barriga sem fazer os tradicionais crunches, mas sem fazer qualquer tipo de atividade física é muito mais difícil.

A verdade é que a zona abdominal do corpo está constantemente a trabalhar, em qualquer exercício ou esporte que se esteja a fazer. Os músculos abdominais são estabilizadores e portanto, sempre que fazemos exercícios que mobilizam as partes superiores e inferior de corpo, estamos a trabalhá-los.

São também músculos expiratórios e, sempre que realizamos uma respiração mais profunda com ênfase na expiração e na contração consciente dos músculos abdominais, estaremos a trabalhá-los sem necessitar de realizar flexões de tronco, o que pode acarretar problemas de coluna e agravar tendências posturais.

Veja também:

3 Movimentos Testados para Secar a Barriga em até 8 Semanas

Estas são as nossas 5 dicas para eliminar a gordura abdominal. No entanto se quiser pode ver aqui alguns exercícios que pode realizar em casa para não ter dores nas costas e que ajudam a emagrecer.

OFERTAS DE FINAL DE ANO
3x de R$ 106,00 sem juros


4x de R$ 104,75 sem juros


De: R$ 289 Por: R$ 229



2x de R$ 59,50 sem juros


De: R$ 369 Por: R$ 179,90


De: R$ 15,5 Por: R$ 9,90




1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

5 × três =