Atlético de Madrid e PSG passam para as oitavas da Champions
foto: Atleti/twitter

Depois de RB Leipzig e Atalanta se classificarem para às quartas da Champions, chegou a vez do Atlético de Madrid e PSG se juntarem a eles como mais dois dos classificados para a próxima fase da competição com jogos que contaram com viradas e muita emoção.

O milagre do Atlético de Madrid em Anfield

Anfield, o estádio do Liverpool, já vivenciou momentos épicos e históricos do seu time, conseguindo resultados improváveis. E nessa quarta (11/03) viveu mais um desses acontecimentos, porém sendo feito pelo time visitante.

Sendo os atuais campeões da competição, o Liverpool entrou como favoritos diante do confronto contra o Atlético de Madrid. O favoritismo caiu um pouco após o jogo de ida, na Espanha, onde os donos da casa saíram vencedores por 1×0, porém as expectativas ainda eram que os ingleses conseguissem reverter à situação.

O jogo começou bem intenso, com o Liverpool adotando uma postura muito ofensiva e o Atlético de Madrid se defendendo bem e buscando achar contra-ataques. No meio disso, o show do Oblak, goleiro do time espanhol, se deu início logo nas primeiras tentativas do dono da casa abrir o placar, com defesas e milagres super plásticos e difíceis.

Com a partida parecendo que iria empatada ao intervalo, o Liverpool conseguiu bater o incrível goleiro esloveno com um belo gol de cabeça de Wijnaldum, cabeceando como “manda o manual”, forte e para baixo.

No segundo tempo, o Atlético já que pouco atacava, começou a se dedicar ainda mais ao seu sistema defensivo. Em contrapartida, o Liverpool tentava de todas as formas balançar novamente a rede, parando sempre na atuação de galã de Oblak.

No último lance do jogo, um lance impressionante. Uma bola cruzada na área dos donos da casa, os espanhóis conseguiram fazer o gol que dava a classificação. Porém, o auxiliar levantou a bandeira assinalando impedimento para a tristeza e desespero de Simeone que já tinha invadido o campo para comemorar. Com isso, a partida foi decidida na prorrogação.

Logo no início do tempo extra, o Liverpool conseguiu o gol que tanto tentou. Firmino ganhou pelo alto, acertou a trave e no rebote colocou para dentro. 2×0 para os donos da casa. Porém, dois importantes personagens do jogo iriam entrar em ação depois desse gol: Llorente pelo Atlético e Adrian pelo Liverpool.

Aos 6 minutos do primeiro tempo da prorrogação, o goleiro Adrian, que substituía Alisson, tentou uma saída completamente errada e deu nos pés de João Felix, que achou Llorente e marcou o gol. E ainda as coisas iriam piorar para os donos da casa, quando o espanhol marcou novamente, agora no final do primeiro tempo.

Na segunda etapa da prorrogação, o Liverpool tentou com cruzamentos poucos efetivos. Ainda no final da partida, Morata saiu cara a cara com o goleiro e finalizou a partida virando o placar para 2×3. Assim, os atuais campeões da Champions estão eliminados.

Neymar tem papel de protagonista e PSG reverte desvantagem sobre Borussia Dortmund

Neymar e PSG chegaram muito pressionados para esse confronto nas oitavas da Champions. Após perderem o jogo de ida por 2×1, os franceses precisavam vencer o Borussia Dortmund, da sensação Haaland, para afastar qualquer crise.

O protagonismo do brasileiro teve que ser ainda melhor, pois Mbappé pegou uma gripe e teve que ficar no banco durante a partida. Infelizmente, o confronto não pode ter torcida por conta do surto de coronavírus na França.

O Borussia, que tinha a vantagem, começou o jogo bastante fechado, buscando anular os ataques do PSG, que pressionavam desde o começo. A pressão deu resultado aos 28 minutos, quando Neymar, de cabeça, abriu o placar para os donos da casa e acabou com a vantagem alemã.

Agora sendo desclassificado, o Dortmund acendeu para o jogo, buscando mais ataques e jogadas trabalhadas. Contudo, quando os alemães tentavam crescer no jogo, o PSG conseguiu chegar ao segundo gol, no final do primeiro tempo. O lateral Bernat finalizou um cruzamento rasteiro e abriu 2×0 no placar.

O segundo tempo, o “fantasma das oitavas” do PSG passou longe de aparecer. Os franceses não diminuíram o ritmo e jogaram como se ainda precisassem de mais gols. No final do jogo, Borussia Dortmund até tentou alguns ataques, mas sem grandes resultados. PSG classificado para às quartas.

Agora, tanto PSG como Atlético de Madrid se junto à Atalanta e RB Leipzig para esperar os confrontos da próxima fase das Champions.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui