Qual o impacto da alimentação para a saúde bucal
Imagem: Milkos/Depositphotos

Mais do que nunca a alimentação é um tópico que está em alta na vida das pessoas, os adeptos de uma dieta saudável e equilibrada defendem  a importância de se diminuir o consumo de carne e produtos industrializados no geral.

Além de adotar uma alimentação à base de alimentos orgânicos, colocando no prato mais legumes, frutas, cereais e vegetais.

Apesar do aumento dessas discussões em diversas camadas da nossa sociedade poucas pessoas parecem associar uma boa alimentação com a saúde bucal.

Muitos ainda pensam que a saúde da boca está ligada às aparências e por isso investem em tratamentos para melhorar a estética do sorriso.

Entretanto, um movimento para incluir a mudança na alimentação está tomando conta dos consultórios odontológicos. Os dentistas sempre se preocuparam com a ingestão de certos alimentos, afinal de contas eles sabem mais do que ninguém o que a alimentação pode fazer pela saúde dos dentes de seus pacientes.

Cada vez mais dentistas estão sendo enfáticos e pegando no pé de seus pacientes para que eles prestem a atenção no que estão trazendo para dentro de suas bocas, já que esse é o primeiro passo para a digestão.

Veja como os alimentos que você consome podem impactar na saúde e até na estética da sua boca.

Nutrientes

A limpeza e restauração dos dentes, o aparelho odontológico e o outros procedimentos feitos em um consultório odontológico estão dividindo espaço com a nutrição. Isso porque a quantidade e os tipos de nutrientes que você consome afetam diretamente a sua saúde bucal.

Uma dieta rica em nutrientes ajuda na resistência dos dentes contra problemas como cáries, placas bacterianas e gengivite. A sua boca pode, também, dar sinais quando o seu corpo está precisando de nutrientes, pois a carência nutricional pode se manifestar por meio de aftas, feridas no canto da boca, língua careca (inflamação na língua), entre outros.

Se quer evitar pesquisar por quanto custa em média um implante dentário preste atenção em algumas das vitaminas que são primordiais para manter a nutrição do seu corpo em dia:

Cálcio: Ajuda na formação e conservação dos ossos, inclusive os ossos que sustentam nossos dentes. Além disso, esse nutriente faz parte da composição dos dentes, por isso, quanto mais ingerido mais forte eles ficarão. O cálcio pode ser encontrado no leite e seus derivados, peixes, folhas de beterraba, entre outros alimentos.

Vitamina A: É encontrada em vegetais verde-escuros como brócolis, espinafre e rúcula. Alimentos ricos em Vitamina A ajudam a ativar a ceratina-dentina, substância responsável pelo esmalte dos dentes.

Vitamina B e ferro: Além de serem ricos em fibra, a vitamina B e o ferro são muito importantes para a saúde da gengiva. Você pode encontrá-las nos feijões, lentilhas, ervilha e no arroz integral.

Vitamina C: Protege o tecido das gengivas contra lesões. Pode ser encontrada em frutas como acerola, laranja e kiwi.

Vitamina D: Auxilia na fixação do cálcio e está nos alimentos como a gema do ovo, peixes e no leite e seus derivados.

É importante ressaltar que alimentos ricos em fibras exigem maior mastigação, desta forma eles permanecem mais tempo na boca, o que aumenta a produção da saliva.

A saliva tem um importante papel na conservação de nossos dentes, pois é rica em sódio e cálcio, substâncias que ajudam na recuperação do esmalte dos dentes perdidos com o aumento da acidez na boca. A saliva também limita o surgimento das cáries.

Os alimentos parceiros da saúde bucal

Cada nutriente citado acima tem uma função importante para a nossa saúde bucal e para consegui-los você não precisa ir muito longe. Vários alimentos que estão muito presentes na nossa mesa podem fazer muito por você e pelos seus dentes.

Água: A água não poderia ficar de fora dessa lista, além de manter o nosso corpo hidratado e limpo ela é uma forte ferramenta na higienização da boca. Confira esse artigo sobre a importância da água para o corpo humano.

Castanha-do-pará: Já é de conhecimento que as castanhas ajudam a prevenir problemas no coração, cérebro e prevenir o câncer, mas além de todos esses benefícios a castanha possui um óleo que forma uma película em torno dos dentes, prevenindo as placas bacterianas.

Cenoura: A cenoura mantêm a boca hidratada e estimula a produção da saliva.

Iogurte: Além de saboroso o iogurte é rico em proteínas, ácido láctico, cálcio e fósforo. Ele ajuda a manter os dentes fortes e combate as placas bacterianas.

Maçã: A maçã é, talvez, o alimento mais conhecido para a preservação dos dentes, desde pequenos ouvimos que ela nos ajuda a mantê-los brancos. Bom, isso é verdade, pois essa fruta é como um detergente que limpa nossos dentes a cada mordida.

Os alimentos que devem ser evitados

Não adianta nada querer arrumar os dentes com um aparelho dentário transparente e ficar procurando por aparelho dentário preço na internet pensando na estética do seu sorriso durante o tratamento odontológico se o consumo de certos alimentos também não são levados em consideração.

Alguns alimentos são muito saborosos mas se consumidos em excesso podem prejudicar a estrutura dos nossos dentes, escurecê-los e estimular o surgimento de cáries.

Tomar muito refrigerante, por exemplo, é pedir por problemas, especialmente se a sua higiene bucal não estiver lá aquelas coisas. O refrigerante é rico em açúcar e por isso aumenta as suas chances de ter cárie. Além disso, ele pode corroer o esmalte dental com sua acidez. Confira 7 dicas para riscar o açúcar da sua dieta.

Outra bebida que deve ser evitada é o café. Apesar de ser uma paixão nacional o café mancha os dentes, por isso evite tomá-lo muitas vezes ao dia e, se puder, misture-o com um pouquinho de leite.

Consumir frutas ácidas como o tomate, limão e laranja em excesso danifica os dentes deixando-os mais frágeis. No caso do tomate, além de sua acidez a coloração vermelha pode amarelar e escurecer os dentes. Confira Técnicas, Cuidados e Perigos ao Clarear os Dentes.

Lembrando que você não deve parar de comer nenhum desse alimentos, eles são muito gostosos e até importantes para nosso organismo e saúde da boca, como é o caso das frutas. Entretanto, é importante sempre consumi-los com responsabilidade, afinal nada que é demasiado é bom.

Além de tomar cuidado com sua alimentação conte sempre com o auxílio de um dentista e mantenha a sua higiene bucal em dia para garantir um belo sorriso.

Conteúdo produzido por Estela Lima, redatora na empresa Clínica Ideal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

14 + 2 =