Um domínio é um nome que serve para identificar uma determinada página ou computador na internet como, por exemplo, proddigital.com.br é o que identifica o nosso site na internet. Cada nome de domínio é exclusivo e não podem ser repetidos.

O ideal é ser um nome de fácil memorização, além de que deve ser curto, pois assim os usuários conseguem memorizar e digitar rapidamente, sem necessidade de abrir um motor de busca para encontrar esse site.

Como e porquê foi inventado o Domínio?

Foi criado com o intuito de facilitar o acesso a endereços IP de computadores na internet.

Os servidores somente conseguem enxergam endereço IP (sequência de números). Então, para facilitar a vida do usuário, o domínio é configurado para se conectar a esse IP. Assim quando o usuário digita no navegador o nome do site (domínio) e dá o Enter, é identificado qual o IP que está ligado a esse domínio e, com esse IP é identificado qual é o servidor (computador) que está alojando esse site.

E o responsável por fazer essa identificação é o DNS que ajuda a converter os domínios em endereços IP, deste modo é fácil de acessar qualquer site.

Assim não é necessário decorar o endereço de IP para poder consultar uma página web, pois basta decorar o domínio de um determinado site.

O primeiro domínio .com a ser criado no mundo foi o symbolics.com a 15 de Março de 1985.

A Symbolics já não existe, mas dedicava-se à produção de equipamentos informáticos.

domínio

Sua composição

Um domínio é composto por várias características.

Contém um nome do domínio que é o nome escolhido pelo administrador da página (ex.: proddigital).

A categoria ou TLD corresponde ao segmento do site (ex.: .com, .com.br, .net, .org). Neste caso existem vários já pré-definidos que se são mais adequados a um certo tipo de negócio que outros. No Brasil sem dúvida o mais utilizada é a .com.br pois é a mais abrangente.

Como pode ver, a TLD pode conter um código do país correspondente (ex.: .br). Este código significa o país em que a página esta hospedada.

Ainda assim é necessário referir que embora no Brasil seja necessário ter sempre a categoria (ex.: .com, .net, .org) estando ou não seguida do código do país (.br), em alguns países isso não é necessário. Por exemplo em Portugal basta colocar o nome e em seguida o código do país (ex.: google.pt).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here