Brasileiros estreiam vencendo na Libertadores 2020

A competição mais disputada da América do Sul finalmente começou nessa terça (03/03). E quatro brasileiros entraram em campo: Athletico Paranaense, Grêmio, Santos e Internacional. Todos conseguir sair com vitórias nos seus confrontos e começar a Conmebol Libertadores de 2020 com o pé direito.

Santos mostra peso da camisa na Libertadores e vence Defensa y Justicia de virada

O Santos estreou na competição mostrando porque já venceu a competição três vezes. Jogando na Argentina contra o Defensa y Justicia, o time paulista teve algumas dificuldades. Mas, de virada e com dois gols no segundo tempo, conseguiu uma vitória muito importante de 1×2.

O primeiro tempo foi um jogo bem aberto e com chances para os dois lados. O Santos mostrou-se um pouco perdido taticamente em campo, com sua dupla de volantes e zagueiros errando muitos passes e deixando espaços. Contudo, o time do Defensa y Justicia, comandados pelo ex jogador Hernan Crespo, que já tinha acertado a trave alguns minutos antes, conseguiu abrir o placar com um gol de cabeça de Rodríguez no final do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Santos voltou mais intenso e organizado. Soteldo fazia boas jogadas pela direita, com uma delas rendendo um cruzamento na cabeça do Yuri Alberto que quase trouxe o empate ao placar. Sem desanimar com as chances perdidas, o time brasileiro chegou ao seu gol após mais uma boa jogada do venezuelano Soteldo. Ele cruzando para Jobson que tinha entrado vindo. E assim como no primeiro tempo, só que dessa vez com a sorte para o Santos, Kaio Jorge, o jovem da base que tinha acabado de entrar no jogo, saiu cara a cara com o goleiro adversário no final do jogo e marcou o gol que decretou a vitória brasileira.

Santos agora volta a jogar na Libertadores contra o Delfín em casa na próxima terça (10/03).

Com show do Guerrero, Internacional estreia com goleada

A melhor atuação de um brasileiro na noite de terça-feira da Libertadores 2020 foi, com toda a certeza, do bicampeão Internacional. O time gaúcho, que passou por duas fases anteriores da competição para chegar até a fase de grupos, venceu a Universidad Católica em casa por 3×0.

O colorado não deixou de atacar um minuto durante o jogo, controlando a partida desde o começo e apresentando um belo futebol. O Internacional criou muito no primeiro tempo, porém não estava com o pé calibrado e acabou indo ao intervalo com 0x0 no placar.

No segundo tempo, a intensidade do time comandado pelo argentino Eduardo Coudet não diminuiu. Toda a pressão acabou sendo recompensada aos 16 minutos. Um com belo gol em cobrança de Paolo Guerrero, que contou com a ajuda do desvio na barreira. Contudo, o peruano não estava satisfeito, e logo em seguida, aos 21 minutos, em um belo contra-ataque puxado pelo Internacional, o atacante deixou seu segundo gol ampliando o placar para os donos da casa.

Aos 26, ainda deu tempo do Guerrero terminar seu show particular, dando bela assistência para Marcos Guilherme colocar para dentro do gol e dar números finais ao jogo. Ainda no final, o zagueiro Huerta da Universidad Católica acabou sendo expulso.

Internacional agora terá um clássico pela frente na Libertadores, enfrentando o Grêmio fora de casa na quinta (12/03).

Grêmio demostra seu estilo copeiro na Libertadores em vitória contra América de Cali

Vencedor em 2018 e semifinalista em 2019 da Libertadores, Grêmio é um dos times brasileiros com mais tradição nos últimos anos dentro da competição. E mostrou como é importante a experiência na estreia com uma ótima vitória fora de casa contra o América de Cali, que voltava para a Libertadores depois de 11 anos longe.

O time gaúcho começou “esfriando” o time colombiano logo no começo do jogo, tocando bastante a bola e não deixando cair na pressão da torcida colombiana que cantava a todo o minuto. E o clima ficou ainda melhor para o Grêmio após uma cobrança de falta aos 15 minutos que desviou na barreira e sobrou para Victor Ferraz na área que, em posição irregular, abriu o placar. Com 1×0 no resultado, o jogo abaixou um pouco a intensidade, com o América voltando a pressionar o final do primeiro tempo, mas não conseguindo passar pelas ótimas defesas de Vanderlei.

O segundo tempo voltou ainda melhor ao time brasileiro. Logo no começo, quando os mandantes buscavam uma reação, Matheus Henrique achou um belo chute e marcou um golaço. Depois time, o América de Cali, junto com sua torcida, perdeu as forças e não conseguiu levar muitos perigosos ao gol gremista.

O Grêmio agora enfrentará o Internacional, em clássico gaúcho, na Libertadores dia 12/03.

Na raça, Athletico-PR vence Peñarol em casa

Athletico-PR foi um dos times brasileiros que chegaram com mais dúvidas na Libertadores de 2020, principalmente por conta do desmanche de jogadores que sofreu e também do técnico que deixou o comando do clube.

Porém, o time comandado por Dorival Júnior, em jogo típico da competição, precisando de bastante raça e vontade, venceu o Peñarol por 1×0 com um belo gol do jovem atacante Bissoli.

O primeiro tempo foi bem truncado. O Athletico tinha o domínio da bola e trocava muitos passes, porém não conseguia entrar na forte defesa do Peñarol. Contudo, o time uruguaio ficava fechado e buscando contra-ataques.

No segundo tempo o time da casa voltou diferente. Nos primeiros minutos já tinha conseguido três bons chutes a meta adversária, exigindo ótimas defesas do goleiro Dawson. A pressão do Athletico-PR foi compensada no final do jogo, com um belo gol do Bissoli de letra.

O Atlhetico enfrentará o Colo-Colo na próxima rodada da Libertadores dia 11/03 fora de casa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui