Cada vez mais acessíveis, as piscinas têm feito cada vez mais parte da vida dos brasileiros, principalmente com as altas temperaturas que se fazem sentir nos meses de verão em todo o país. O que antes era considerado artigo de luxo, já está presente em mais de dois milhões de lares no Brasil, o que posiciona o mercado nacional como o segundo melhor mercado de piscinas no mundo, que perde apenas para os Estados Unidos, segundo a Associação Nacional dos Fabricantes e Construção de Piscinas e Produtos Afins (Anapp).

O empresário Bruno Miranda, que se tornou um dos maiores nomes deste segmento, identificou que apesar do crescimento do setor, que segue promissor mesmo com a crise econômica, ainda havia alguns empecilhos que desanimavam muitos consumidores, como a demora na entrega e instalação das piscinas, que podia chegar a mais de um mês, e na indisponibilidade em estoque de diversos artigos considerados básicos para quem tem piscina em casa. Isso fez com que Bruno adotasse uma nova estratégia e plano de negócios:

Fui gerente de uma grande rede de fast food durante anos da minha vida, onde entrei para trabalhar aos 16 anos e saí com 28. Então percebi que o que as pessoas mais gostavam no fast food não era apenas a comida, mas a comodidade e rapidez na entrega do pedido. Por isso, decidi adotar essa cultura aplicada ao ramo de piscinas, proporcionando ao cliente o que antes ele precisava esperar de 15 a 30 dias, pronta entrega e atendimento/venda desburocratizada.

Bruno Miranda
Imagem: JayPRO

Bruno Miranda ingressou como representante de uma marca de aquecedores elétricos após deixar o setor de restaurantes em que atuava. Em pouco tempo dominou as estratégias e técnicas específicas do mercado e decidiu inovar ao oferecer a possibilidade de se fazer negócios pela internet:

Em 2006, passamos a vender nossos produtos pela internet, através do Mercado Livre. A marca, que se chamava Rosa Lee, atuava na produção de aquecedores elétricos de passagem em PVC e vendas de acessórios em geral. Foi uma revolução porque o e-commerce neste setor ainda era muito embrionário, uma novidade.

Nos anos seguintes, a marca passou por um reposicionamento total, criando um setor dedicado totalmente às vendas e ao online e mudando o seu escritório de vendas para o bairro da Bela Vista, região central de São Paulo.

Em 2010, mudamos de nome para Globalmar, que refletia melhor o novo momento em que estávamos, e passamos a abranger uma gama maior de produtos e serviços e ampliar a nossa fabricação própria — afirma Bruno Miranda.

Em 2012, Bruno Miranda passou a ser o fornecedor oficial de aquecedores na versão automática para grandes clientes. O segredo do sucesso, segundo o empresário, foi investir em material humano, em divulgação e na internet:

Todos os nossos funcionários são especialistas nos produtos e sabem tirar qualquer dúvida do cliente, atuando como verdadeiros concierges, dando atenção total e personalizada a cada caso. Além disso, temos um setor dedicado exclusivamente às vendas online, que hoje respondem por mais de 70% do nosso volume. E para garantir que o cliente tenha o seu produto o mais rápido possível, temos mais de 1000 metros quadrados só de estoque, com produtos para pronta-entrega, trazendo máxima satisfação ao cliente, no melhor estilo de aplicação da cultura de dinamismo do ‘fast food’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui