Surto do novo coronavírus impacta no preço do seguro auto
Imagem: Rawpixel

Um levantamento realizado pela Smartia.com.br e parceria com a empresa TEx aponta que pandemia do novo coronavírus também influenciou no preço do seguro auto. Conforme pesquisa, houve diferenças significativas para motoristas de variadas faixas etárias, estado civil e sexo. Para ver a matéria completa, acesse este link no site da Smartia.

Para comparar, a pesquisa considerou alguns estados afetados pela Covid-19. São Paulo, Rio de Janeiro e Amazonas foram os selecionados.

Pandemia do novo coronavírus influencia preço do seguro auto por faixa etária de motoristas

Conforme pesquisa da Smartia após a comparação dos dados da TEx, São Paulo, Rio de Janeiro e Amazonas apontam diferenças no valor do seguro para carros de janeiro até junho. Os dados considerados incluem a faixa etária, estado civil e sexo dos condutores.

Em São Paulo, motoristas de 25 a 29 anos foram os que mais sentiram essa diferença, com um aumento que varia em torno de 15% no preço do seguro auto. De acordo com a comparação, em janeiro o valor médio do seguro era de R$ 4.246,95 em janeiro, fechando o mês de junho com R$ 4.880,38, alcançando uma diferença de R$ 633,43.

Ainda no estado paulista, motoristas com idade entre 18 e 19 anos foram os que menos afetados, obtendo uma redução de 15%. A pesquisa aponta o valor médio do seguro em janeiro de R$ 6.577,56, sendo junho de R$ 5.542,80, alcançando uma diferença de – R$ 1.034,75. Já as faixas etárias de 20 a 24 anos e 35 a 39 anos tiveram uma redução de – R$ 586,42 e de – R$ 576,38, respectivamente.

No estado do Rio de Janeiro, a faixa etária com maior destaque entre as que tiveram redução no preço do seguro foi de 55 a 59 anos, com 16%. Nessa, o valor médio do seguro em janeiro era de R$ 4.751,37, fechando junho com R$ 3.989,24, alcançando uma diferença de – R$ 762,12.

Veja também:

A faixa etária com maior aumento no valor do seguro foi a de 20 a 24 anos, com uma diferença de 43%. Em janeiro, o preço médio do seguro foi de R$ 6.189,24 e de R$ 8.838,65 em junho, com uma diferença de R$ 2.649,38. Outros destaques foram para as faixas etárias de 65 a 69 anos e de 35 a 39 anos, com diferença de R$ 1.127,16 e R$ 550,95, respectivamente.

O terceiro estado analisado foi o Amazonas, que teve redução significativa de 45%, em média, ou seja, – R$ 1.677,23 na faixa etária de 60 a 64 anos, sendo janeiro o valor médio do seguro de R$ 3.615,08 e em junho de R$ 1.937,86. Outros destaques foram para as faixas etárias de 20 a 24 anos e 65 a 69 anos, com – R$ 1.064,77 e – R$ 247,46, respectivamente.

Ainda no Amazonas, a faixa etária com maior aumento foi a de 40 a 44 anos, atingindo cerca de 70%. Nessa, o valor médio do seguro em janeiro foi de R$ 3.197,33 e em junho de R$ 5.421,78, ficando com uma diferença de R$ 2.224,45. Outros destaques são para as faixas etárias de 50 a 54 anos e 35 a 39 anos, com diferença de R$ 1.844,91 e de R$ 1.517,39, respectivamente.

Alteração de preço do seguro auto por estado civil

Durante pandemia, o preço do seguro de carro sofreu alteração, considerando motoristas homens e mulheres, casados, solteiros, viúvos e divorciados. De acordo com o levantamento da Smartia após comparação dos dados coletados na TEx, as principais diferenças nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Amazonas, foram:

São Paulo

Homens viúvos tiveram uma redução no preço do seguro de 27%.

Sexo+Estado Civil Condutor Valor médio do seguro – Janeiro Valor médio do seguro – Junho Diferença
Masculino/Viúvo R$ 4.004,37 R$ 2.946,01 -1058,359
Feminino/Divorciado R$ 3.350,73 R$ 2.357,90 -992,83
Feminino/Casado R$ 3.450,13 R$ 3.046,47 -403,66
Masculino/Solteiro R$ 4.941,44 R$ 4.620,88 -320,566
Masculino/Divorciado R$ 4.196,63 R$ 3.917,83 -278,797
Feminino/Solteiro R$ 3.632,43 R$ 3.441,22 -191,211

O valor do seguro de carro para motoristas do sexo masculino e casados foi o que representou maior aumento, cerca de 5%:

Sexo+Estado Civil Condutor Valor médio do seguro – Janeiro Valor médio do seguro – Junho Diferença
Masculino/Casado R$ 3.696,16 R$ 3.851,16 154,99
Feminino/Viúvo R$ 3.230,39 R$ 3.331,95 101,56

Rio de Janeiro

Mulheres divorciadas foram as mais afetadas com aumento do valor do seguro auto entre os meses de janeiro a junho, atingindo uma média de 27%:

Sexo+Estado Civil Condutor Valor médio do seguro – Janeiro Valor médio do seguro – Junho Diferença
Feminino/Divorciado R$ 4.065,39 R$ 5.156,91 1091,52
Feminino/Viúvo R$ 4.145,06 R$ 4.487,65 342,59

O preço do seguro para carros diminuiu em 38% para homens viúvos, entre os meses de janeiro a junho:

Sexo+Estado Civil Condutor Valor médio do seguro – Janeiro Valor médio do seguro – Junho Diferença
Masculino/Viúvo R$ 5.899,06 R$ 3.618,72 -2280,34
Masculino/Divorciado R$ 5.949,09 R$ 4.827,61 -1121,48
Feminino/Casado R$ 4.940,57 R$ 4.572,79 -367,77
Masculino/Solteiro R$ 6.212,40 R$ 5.867,74 -344,66
Masculino/Casado R$ 5.571,94 R$ 5.485,19 -86,81
Feminino/Solteiro R$ 4.702,2 R$ 4.625,99 -76,21

Amazonas

A redução no valor do seguro entre janeiro a junho foi para condutores do sexo masculino divorciados, com uma média de 5%:

Sexo+Estado Civil Condutor Valor médio do seguro – Janeiro Valor médio do seguro – Junho Diferença
Masculino/Divorciado R$ 4.698,55 R$ 4.476,31 -222,24

O destaque, entre os perfis de motoristas que mais sofreram aumento no preço do seguro auto, vai para mulheres divorciadas, atingindo uma média de 115%.

Sexo+Estado Civil Condutor Valor médio do seguro – Janeiro Valor médio do seguro – Junho Diferença
Feminino/Divorciado R$ 3.426,14 R$ 7.361,83 3935,69
Feminino/Solteiro R$ 2.985,07 R$ 3.759,40 774,33
Feminino/Casado R$ 2.900,11 R$ 3.622,79 722,68
Masculino/Casado R$ 3.229,67 R$ 3.762,57 532,90
Masculino/Solteiro R$ 4.041,82 R$ 4.363,50 321,67

 

Pesquisa realizada em julho/2020. Preços sujeitos a alterações diante da data e da região. Os índices de porcentagens foram arredondados.

Fontes: Smartia e Tex Tecnologia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

17 + vinte =